Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Como instalar o cliente WhatsApp Wrapup no Linux via Snap

Se você quer usar o WhatsApp Web no sistema do pinguim, sem depender de um navegador, conheça e veja como instalar o cliente Whatsapp Wrapup no Linux via Snap.

Wrapup é um cliente Whatsapp para Linux. Um simples invólucro do Whatsapp Web construído em Electron.

Como instalar o cliente WhatsApp Wrapup no Linux via Snap
Como instalar o cliente WhatsApp Wrapup no Linux via Snap

Esse simples aplicativo coloca o WhatsApp Web em uma janela separada, que independe do navegador que você usa. Com isso, você não precisa se preocupar com as abas do navegador e pode usar o WhatsApp tranquilamente.

Como instalar o cliente Whatsapp Wrapup no Linux via Snap em distros que suportam a tecnologia

Para instalar o cliente Whatsapp Wrapup via Snap você precisa ter o suporte a essa tecnologia instalado em seu sistema. Se não tiver, use o tutorial abaixo para instalar:

Como instalar o suporte a pacotes Snap no Linux

Depois, você pode instalar o cliente Whatsapp Wrapup via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Instale a versão estável do programa, usando esse comando:

sudo snap install wrapup

Passo 3. Mais tarde, se você precisar atualizar o programa, use:

sudo snap refresh wrapup

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite wrapup ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Quando você executar o programa pela primeira vez, será necessário usar o smartphone para ler o QRcode exibido pelo app para autorizar o uso do WhatsApp.

Para desinstalar o cliente Whatsapp Wrapup via Snap, faça o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Depois, se for necessário, desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo snap remove wrapup
Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.