Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Como instalar o Monitorix no Fedora, CentOS e derivados

Se você quer fazer o monitoramento de sistema de um servidor remotamente com uma interface gráfica, conheça e veja como instalar o Monitorix no Fedora, CentOS e derivados.

Monitorix é um utilitário de código aberto e leve, que permite fazer o monitoramento de sistema, ou seja, monitorar as informações do servidor através do seu navegador web.

Como instalar o Monitorix no Fedora, CentOS e derivados
Como instalar o Monitorix no Fedora, CentOS e derivados

O Monitorix é uma ferramenta de monitoramento de sistema, é um aplicativo leve, de código aberto e gratuito, projetado para monitorar o maior número possível de serviços e recursos de sistema, por exemplo, monitorando a temperatura da CPU, carga do sistema, atividade da rede e capacidade de resposta dos serviços de rede.

O programa foi criado para ser usado em servidores Linux/UNIX de produção, mas devido à sua simplicidade e pequeno tamanho, também pode ser usado em dispositivos embarcados.

Para fazer o monitoramento de sistema, o Monitorix possui um servidor HTTP embutido. Ele também funciona com Apache, Nginx, lighttpd, e etc.

Ele exibe gráficos com:

  • Média de carga do sistema e uso
  • Uso global do kernel
  • Uso do Kernel por processador
  • Uso do sistema de arquivos e atividade de Entrada/Saída
  • Tráfego de rede e uso
  • Demanda de serviços do sistema
  • Tráfego da porta de rede
  • Os usuários que utilizam o sistema

A instalação desse aplicativo não é garantida em todas as versões dos sistemas Debian, Ubuntu e derivados. De qualquer forma, vale a pena testar se ele é compatível com o sistema que você usa, e se for, comente para que os outros leitores saibam.

Como instalar o programa no Linux Fedora, CentOS e derivados

Quem quiser instalar o programa no Linux Fedora, CentOS e outros sistemas que suportam arquivos .rpm, tem de fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é um Fedora, CentOS ou um derivado destes, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome programa.rpm:

wget https://www.monitorix.org/monitorix-3.13.1-1.noarch.rpm -O monitorix.rpm

Passo 4.Para instalar em um Fedora, RedHat e seus derivados, use o comando abaixo:

sudo yum localinstall monitorix.rpm

ou

sudo dnf install monitorix.rpm

Passo 5. Para instalar o programa na maioria das distro com suporte a arquivos RPM, use o comando:

sudo rpm -i monitorix.rpm

Passo 6. Depois, se precisar desinstalar o programa, use esse comando:

sudo rpm -e monitorix*

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite programa em um terminal (seguido da tecla TAB), ou clicando no ícone dele ou menu de aplicativos do sistema.

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, use o atalho dele ou digite programa em um terminal, seguido da tecla TAB.

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.