Confira a estratégia de suporte a 32 bits para o Ubuntu 20.04 LTS

Suporte a 32 bits para o Ubuntu 20.04 LTS? Confira a estratégia da Canonical!

Confira a de a 32 bits o Ubuntu 20.04 LTS, que promete manter funcionando os programas que ainda usam essa arquitetura.

Em junho passado, a Canonical lançou a bomba: não haverá mais versões de 32 bits do Ubuntu. E não apenas isso: a princípio, tudo implicava que nem Eoarn Ermine, Focal Fossa nem qualquer versão futura seriam compatíveis com qualquer software disponível apenas para essa arquitetura, mas depois eles mudaram de idéia … ou melhor, disseram que havia sido um mal entendido, eles nunca quiseram dizer isso.

Confira a estratégia de suporte a 32 bits para o Ubuntu 20.04 LTS
Confira a estratégia de suporte a 32 bits para o Ubuntu 20.04 LTS

Provavelmente, o principal objetivo dessas declarações foi ver como a comunidade reagiria. E a comunidade respondeu: empresas como Valve (Steam) ou Wine reclamaram, tanto que o primeiro disse que não apoiaria o novo sistema operacional (Ubuntu 19.10 Eoan Ermine).

Depois de abandonar sua proposta original de limpar completamente os pacotes de 32 bits, o Ubuntu 19.10 foi enviado com um conjunto reduzido de pacotes de 32 bits (x86 de 32 bits) disponível para usuários da arquitetura x86_64.

Esses pacotes de 32 bits no Ubuntu 19.10 foram baseados na popularidade dos pacotes de 32 bits, ainda hoje em uso predominante nos modernos sistemas Intel/AMD.

Agora, os engenheiros da Canonical, em cooperação com os membros da comunidade, fizeram seus ajustes de suporte a 32 bits para o lançamento do Ubuntu 20.04 LTS. Ou seja, para o Ubuntu 20.04 LTS, estão sendo feitos alguns pequenos ajustes.

Confira a estratégia de suporte a 32 bits para o Ubuntu 20.04 LTS

Esse artigo lista algumas das adições e remoções planejadas para o Ubuntu 20.04 LTS.

Como libssl1.0, wine-stable-i386, gcc-8-base e outros pacotes estão sendo descartados devido a obsolescência ou outros fatores.

Enquanto isso, pacotes adicionais foram acrescentados para a segmentação de 32 bits, incluindo drivers Freeglut, libv4l, VDPAU, drivers VA-API e várias outras bibliotecas.

O desenvolvedor de longa data do Ubuntu, Steve Langasek, destacou que cerca de 1.700 pacotes de fontes acionarão compilações no i386 no Launchpad para Ubuntu Focal (20.04).


Em breve, haverá outras alterações de compilação/infraestrutura, bem como melhorias em sua infraestrutura de teste automático de pacotes.

Para encurtar a história, o suporte ao pacote Ubuntu 20.04 LTS de 32 bits será bastante semelhante ao do Ubuntu 19.10 com o Steam e outros pacotes importantes que ainda não vivem em um mundo x86_64 puro e ainda estarão acessíveis.

Enfim, a estratégia de suporte a 32 bits para o Ubuntu 20.04 LTS será quase a mesma do Ubuntu 19.10. Melhor assim, pois diminui as chaces de algo deixar de funcionar.

O futuro é de 64 bits. Todas as empresas estão indo nessa direção, mas a Valve e Wine, entre outras empresas, nos fizeram entender que ainda não estamos prontos para deixar para trás uma arquitetura que nos trouxe tantas coisas boas, como antigos para PC.

O que está sendo falado no blog

No Post found.

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo