Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Confira as novidades do Xubuntu 22.04 LTS

E foi lançado o Xubuntu 22.04 LTS com o Xfce 4.16, e muito mais. Confira as novidades do Xubuntu 22.04 LTS e veja onde baixar a distro.

Xubuntu é um sistema operacional desenvolvido pela comunidade baseado no Ubuntu. Ele vem com o Xfce, que é um ambiente de área de trabalho estável, leve e configurável.

Em resumo, o Xubuntu é uma distribuição que integra o sistema básico do Ubuntu com o desktop Xfce mais recente.

Agora, a equipe do Xubuntu lançou a versão 22.04 LTS de sua distribuição.

Confira as novidades do Xubuntu 22.04 LTS

Confira as novidades do Xubuntu 22.04 LTS
Confira as novidades do Xubuntu 22.04 LTS

Pouco antes de a Canonical carregar a imagem do Ubuntu 22.04, outros sabores, na verdade quase todos, já haviam feito isso.

Entre eles estava o Xubuntu 22.04, a versão do Ubuntu que usa o ambiente gráfico Xfce e que, na minha opinião pessoal e intransferível, acho que foi muito mais usado no passado, seja porque o desempenho era melhor ou porque existem outros desktops que também são leves e fáceis de usar.

Talvez parte da culpa por pensar assim seja do Ubuntu Studio, que deu o salto para o KDE em várias versões. O Xubuntu ainda não oficializou o lançamento do Xubuntu 22.04, mas temos notas de lançamento para este lançamento.

Eles nos lembram que é uma versão LTS, mas será suportada por 3 anos (até abril de 2025), e não 5 como a versão principal.

Entre as novidades, eles foram obrigados a comunicar que o Firefox é como um pacote snap, e não é mais possível instalá-lo a partir de repositórios oficiais.

É um movimento que a Canonical ordenou, que foi convencida pela Mozilla (supostamente), então não houve escolha.

Dito isso, essas são as novidades do Xubuntu 22.04:

  • Kernel 5.15.
  • Suportado por 3 anos, até abril de 2025.
  • Xfce 4.16, com alguns softwares em 4.16.2 e alguns em 4.16.3.
  • Atualizações importantes do pacote de chaves:
    • O Mousepad 0.5.8 agora pode fazer backup e restaurar sessões, suporta plugins e um novo plugin gspell foi incluído.
    • Ristretto 0.12.2 melhorou o suporte de visualização e inclui muitas melhorias de desempenho.
    • O Whisker Menu Plugin 2.7.1 expande as opções de personalização com novas preferências e classes CSS para desenvolvedores.
  • Firefox como Snap. Eles dizem que nenhuma diferença será perceptível, mas também que às vezes levará mais tempo para começar. Conforme visto nas redes e verificado por mim mesmo, na primeira vez pode demorar até 10 segundos para abrir. Por outro lado, eles dizem que há benefícios, como que é mantido diretamente pela Mozilla ou que estar isolado (sandbox) é mais seguro. Para quem não estiver interessado, recomendo baixar a versão binária e criar um arquivo .desktop (posso escrever um artigo sobre isso).
  • Melhorias na interface, com temas como Greybird 3.23.1, que inclui suporte inicial para GTK4 e libhandy, que farão com que os aplicativos GNOME fiquem bem no Xubuntu. O tema elementary-xfce 0.16 adicionou muitos novos ícones e aprimorou a experiência.
  • Pacotes atualizados.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Confira os detalhes das novidades dessa atualização nesse outro artigo: Ubuntu 22.04 LTS lançado com GNOME 42, kernel 5.15, e muito mais

Baixe e experimente o Xubuntu 22.04 LTS

Se você já usa o sistema, use o tutorial abaixo para atualizá-lo: Como atualizar para o Ubuntu 22.04 LTS via terminal (server e desktop)

Para novas instalações ou atualizações usando uma mídia, a imagem ISO do Xubuntu 22.04 LTS já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo: Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:
Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.