Conheça as características da linguagem Python

Conheça as características da linguagem Python!

Conheça as características da Python e descubra porque essa tem sido a escolha de muitos profissionais que estão começando a programar ou já fazem isso.

Ingressar na carreira de programador é uma excelente alternativa para quem quer entrar no mercado de trabalho. A internet está inserida no nosso dia a dia e a presença de profissionais aptos a trabalhar com linguagens e códigos é muito importante.

Conheça as características da linguagem Python
Conheça as características da linguagem Python

Quer um exemplo da importância de um programador? Então basta imaginar quem tem uma loja virtual. Além de uma boa hospedagem de site, um e-commerce necessita de protocolos de e formas viáveis de pagamento.

Quem desenvolve esses recursos que hoje tornam as transações seguras são profissionais da área de programação. Eles possuem os conhecimentos práticos e teóricos para essa função.

Atualmente, diante da profusão de informações que inunda a internet, é possível encontrar blogs e vídeos com conteúdo explicando noções sobre técnicas e linguagem de programação.

Não por acaso, há aquelas pessoas que decidem aprender programação estudando em sites e blogs voltados para esse assunto. É claro que o conteúdo assim pode ser disperso e assim o estudante corre o risco de pular etapas.

É também comum o aspirante a programador ficar perdido diante de tantas linguagens de programação. Por essa razão, muitos estudantes optam por primeiro dominar uma linguagem específica e depois partir para outras.

Mas qual é a mais indicada para aqueles que ainda estão dando os primeiros passos?

Uma breve história linguagem Python

Python é uma das linguagens que funciona como porta de entrada para quem quer aprender programação. O que atrai muitos estudantes de programação nela é o fato da Python ser intuitiva, de fácil legibilidade e bastante versátil.

A linguagem Python surgiu no ano de 1991, época em que a internet como a conhecemos hoje ainda estava ganhando forma nos laboratórios das universidades.

Nesse período, nem todas as famílias tinham computador em casa, especialmente no Brasil.

A Python foi desenvolvida pelo matemático e programador Guido Van Rossum. E se você aí quando ouviu falar em Python logo imaginou aquele famoso grupo de comédia da Inglaterra, então você sacou a referência.

O nome ‘Python’ é mesmo uma referência ao grupo britânico conhecido como Monty Python, que fez muito sucesso durante os anos 60 e 70.

Referências da cultura pop à parte, o fato é que a linguagem Python surgiu na hora e no lugar certo, se adaptando a várias características que a internet estava trazendo para o mundo da informática.

A linguagem Python tem algumas características bem interessantes para quem quer aprender a programar. Entre elas estão a possibilidade do usuário escrever o mesmo requisito em poucas linhas, facilitando bastante o trabalho de programação.

Por essa razão não é de se estranhar que a Python seja uma das primeiras alternativas para os usuários que querem desde construir sites até encontrar soluções na área de Machine Learning e Inteligência Artificial.

Outro detalhe interessante é que a Python é uma linguagem que pode ser utilizada tanto para trabalhos em ambiente desktop quanto para projetos envolvendo dispositivos móveis.

E convenhamos, em uma época em que smartphones e iPhones acompanham as pessoas 24h por dia, pensar e desenvolver sites adaptados para a tecnologia mobile não é uma opção, mas sim uma obrigação.

Python – Uma linguagem acessível

A linguagem Python é intuitiva e de fácil manutenção. Ela também pode ser utilizada no sistema operacional Windows e no Linux.

O que a torna também uma das queridinhas não só dos programadores de primeira viagem, mas também dos mais experientes, é o fato dela conter uma vasta biblioteca padrão.

Essa biblioteca disponibiliza recursos para a realização das tarefas mais importantes para o desenvolvimento de várias tarefas.

Quando um programa é escrito nessa linguagem, é preciso contar com a atuação de um interpretador. Esse interpretador tem o intuito de fazer a leitura do código fonte, analisando e interpretando as atualizações em tempo real.

Dependendo do tipo de plataforma utilizada pelo usuário, a execução do interpretador pode sofrer algumas variações. Nesse caso, para aqueles que são usuários do Linux e Macs, eles já possuem a linguagem Python instalada.

Por outro lado, para usuários do sistema Windows, o interpretador pode ser executado via prompt por meio dos comandos.

Como aprender a programar utilizando a linguagem Python

Dicas na internet não faltam quando o assunto é compreender as artimanhas dessa linguagem de programação. Existem vários cursos online onde você vai se deparar com dicas valiosas.

Entre alguns conceitos estão o conhecimento de tipos distintos de variáveis, a escrita de funções, a utilização de códigos e objetos.

Essa linguagem também permite o usuário programar por meio de termos conhecidos como ‘classes’. Algumas versões mais antigas do Python possuem classes do tipo ‘old-style’ e a ‘new-style’.

Além disso, o Python, ao contrário de muitas outras linguagens, frequentemente utiliza palavras e não pontuações.

Conclusão

Dominar as técnicas de programação é importante para quem procura um lugar no mercado de trabalho ou deseja se destacar na área de desenvolvimento web.

Portanto, para quem quer iniciar nessa atividade, conhecer os principais conceitos de uma linguagem acessível quanto a Python é um bom caminho para seguir essa jornada.

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo