CoreOS Container Linux atingiu o fim da vida útil! Confira as alternativas!

Conheça as alternativas para migrar depois que o CoreOS Container Linux atingiu o fim da vida útil!

Diante do fato de que o CoreOS Container Linux atingiu o fim da vida útil, é hora de conhecer as alternativas a esse sistema, para migrar!

Em 26 de maio de 2020, a distribuição Container Linux (By CoreOS) atingiu oficialmente o fim da vida útil, o que significa que não será mais suportada ou mantida.

Hoje, estamos nos despedindo de outra grande distribuição Linux, o CoreOS Container Linux. A conhecida distribuição focada em contêiner não existe mais e não receberá mais atualizações ou patches de segurança.

CoreOS Container Linux atingiu o fim da vida útil! Confira as alternativas!

CoreOS Container Linux atingiu o fim da vida útil! Confira as alternativas!
CoreOS Container Linux atingiu o fim da vida útil! Confira as alternativas!

26 de maio foi o último dia em que a distribuição foi suportada pelo CoreOS. Foi extraído para novos assinantes no AWS Marketplace e todos os recursos publicados serão excluídos após 1º de setembro de 2020.

Conforme anunciado no início deste ano, a equipe do CoreOS se juntou à família Red Hat para se concentrar em outros projetos, incluindo dois forrks do Container Linux chamados Fedora CoreOS e Red Hat Enterprise Linux CoreOS (RHCOS).

Todos os usuários do Container Linux by CoreOS agora devem migrar para um sistema operacional semelhante o mais rápido possível, pois quaisquer bugs ou vulnerabilidades de segurança descobertos após 26 de maio não serão corrigidos.

Sobre isso, a equipe do CoreOS disse que:

“A documentação continuará existindo pelo tempo que for prático, para ajudar na migração para outros sistemas operacionais. As máquinas Container Linux existentes continuarão em execução, mas não poderão mais baixar atualizações.”

Alternativas ao Container Linux

Provavelmente, a escolha inteligente para uma alternativa seria o Fedora CoreOS, mas a distribuição atualmente não oferece suporte nativo para Azure, DigitalOcean, Google Compute Engine (GCE), Vagrant ou qualquer plataforma suportada pela comunidade Container Linux, nem inclui o runtime contêiner rkt.

Portanto, os usuários existentes do Container Linux podem querer dar uma olhada no Flatcar Container Linux, que promete ser uma aposta segura para quem deseja migrar. É uma substituição imediata e um fork amigável do Container Linux, oferecendo suporte comercial e serviços de engenharia personalizados.

Outras alternativas do CoreOS que você pode querer conferir são o RancherOS, uma distribuição Linux leve e segura criada para contêineres, e o Ubuntu Core da Canonical, que não é um sistema operacional de contêineres puro, mas permite executar aplicativos e contêineres lado a lado e oferece atualizações transacionais.

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…