Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Cryptomator 1.5.10 lançado com integração com KWallet e muito mais

Foi lançado o Cryptomator 1.5.10 com integração com KWallet e muito outras melhorias. Confira as novidades e veja com instalar no Linux.

Cryptomator é uma ferramenta Java gratuita e de código aberto que fornece criptografia do lado do cliente para seus arquivos de armazenamento em nuvem, disponível para Windows, Mac e Linux.

Existem também aplicativos iOS e Android – eles são de núcleo aberto (um modelo de negócios para monetização de software de código aberto produzido comercialmente) e precisam ser comprados.

Ele funciona com serviços de armazenamento em nuvem que sincronizam com um diretório local, como Dropbox, OneDrive (no Linux usando, por exemplo, OneDrive Free Client fork) e Google Drive (incluindo o uso com Insync).

Você pode optar por criptografar todo o seu armazenamento em nuvem ou apenas alguns arquivos confidenciais, em um ou vários cofres.

Vale a pena mencionar que, embora o Cryptomator tenha sido criado com a criptografia de armazenamento em nuvem em mente, ele também pode ser usado para criptografar uma pasta em seu sistema ou alguma unidade externa.

Agora, ele recebeu uma atualização, a versão 1.5.10, que vem com suporte experimental a FUSE no Windows e integração com KWallet e várias outras melhorias.

Novidades do Cryptomator 1.5.10

Cryptomator 1.5.10 lançado com integração com KWallet e muito mais
Cryptomator 1.5.10 lançado com integração com KWallet e muito mais

O Cryptomator foi atualizado para a versão 1.5.9, depois para 1.5.10 como um hotfix, e inclui algumas mudanças importantes. Esta versão traz suporte experimental FUSE no Windows (anteriormente era compatível com WebDAV, FUSE no Linux e macOS e Dokany no Windows).

Este recurso deve ser usado apenas para teste agora, e para experimentá-lo você precisa ter o WinFSP instalado e, de acordo com esta solicitação de pull, executar o Cryptomator com o sinalizador -Dfuse.experimental = “true” na inicialização.

O mais recente Cryptomator também traz um novo recurso específico do Linux: integração com o KWallet (KDE Wallet), para que você possa salvar a senha lá para fácil acesso.

Além disso, com esta versão, as estatísticas do cofre estão de volta (isso foi removido com a reformulação da IU na versão 1.5). Desbloqueie um vault e você verá uma pequena caixa de estatísticas do Vault no lado inferior direito da janela do aplicativo.

Outras mudanças incluem:

  • Adicionado indicador visual se o modo de depuração estiver habilitado;
  • A tentativa de bloqueio do cofre é cancelada quando identificadores de arquivos abertos estão presentes;
  • Corrigido o congelamento da IU se o acesso ao GNOME Keyring for cancelado;
  • Corrigido os cofres não montáveis;
  • Foi corrigido o início automático no Windows para que funcione sem acesso ao registro;
  • Foi corrigido o início do aplicativo quando o vault estava localizado no diretório raiz de um sistema de arquivos;
  • Corrigido falhas de desbloqueio de cofres localizados em armazenamento somente leitura;
  • Corrigido o acesso ao vault a partir do WSL no Windows;
  • Corrigido a montagem de volumes contendo espaços.

Para saber mais sobre essa versão do Cryptomator, acesse a nota de lançamento.

Existem também algumas novidades importantes sobre o futuro dos aplicativos móveis do Cryptomator:

  • O aplicativo Android se tornará o código-fonte aberto e o acesso ao conteúdo do cofre será possível usando aplicativos de terceiros.
  • Para iOS, o aplicativo está em processo de ser totalmente reescrito em Swift e adicionará novos recursos como miniaturas, suporte para aplicativos de terceiros que podem editar arquivos diretamente dentro do cofre e muito mais.

Como instalar ou atualizar o Cryptomator

Para instalar a versão mais recente do Cryptomator nas principais distribuições Linux, use esse tutorial:
Como instalar o Cryptomator no Linux via appimage

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.