Descoberta Vulnerabilidade em Telefones Vendidos por Operadoras dos EUA

Confira os detalhes da descoberta da vulnerabilidades em telefones vendidos por operadoras dos EUA!

Foi descoberta uma vulnerabilidade em telefones vendidos por operadoras dos EUA que podem dar acesso as informações dos usuários. Confira os detalhes e a extensão do problema.


As ameaças à privacidade não param aparecer. Agora, elas surgem antes mesmo do usuário aquirir um aparelho.
Descoberta Vulnerabilidade em Telefones Vendidos por Operadoras dos EUA
Descoberta Vulnerabilidade em Telefones Vendidos por Operadoras dos EUA

Descoberta Vulnerabilidade em Telefones Vendidos por Operadoras dos EUA

Os telefones vendidos por quatro operadoras dos EUA vêm com uma grande vulnerabilidade que os expõe a hackers.

Esta é a conclusão de um estudo realizado pela Kryptowire e financiado pelo Departamento de Segurança Interna americano.

Embora não tenham sido fornecidos detalhes sobre as marcas afetadas pela falha de segurança, funcionários do Departamento de Segurança Interna revelaram na conferência Black Hat em Las Vegas que as empresas-mãe já foram notificadas dos bugs em fevereiro.

Alguns deles nem sequer responderam à notificação, segundo o Kryptowire, mas neste momento, todos os fabricantes de celulares estão cientes da falha.

De acordo com a pesquisa, a vulnerabilidade pode permitir que hackers acessem todos os dados do usuário, incluindo e-mails e mensagens, sem que eles saibam nada sobre isso.

Os hackers poderiam facilmente dominar o dispositivo, disse Vincent Sritapan, gerente de programas do Departamento de Ciência e Tecnologia do Departamento de Segurança Doméstica, à Fifth Domain.

Telefones vulneráveis ​​também são vendidos fora dos EUA

Os telefones vulneráveis ​​são vendidos pela Verizon, AT&T, T-Mobile e Sprint, mas a pesquisa afirma que os mesmos dispositivos também estão disponíveis em outras operadoras e em outros países.

Milhões de usuários de smartphones seriam expostos a hacks, e funcionários do governo provavelmente estão entre eles, revela o estudo, sem compartilhar detalhes.

Não há evidências de que hackers já tenham se aproveitado da vulnerabilidade, mas os pesquisadores prometem revelar mais detalhes ainda esta semana.

Neste ponto, ainda não está claro se a falha de segurança pode ser bloqueada no nível do usuário, mas a pesquisa mostra que ela afeta os telefones antes de serem comprados pelos clientes.

Provavelmente, o patch requer atualizações de firmware lançadas pelos fabricantes, mas ainda não se sabe se alguma das marcas notificadas desenvolveu essas correções.

Espera-se que mais informações, incluindo as marcas afetadas pela vulnerabilidade, sejam fornecidas no final desta semana.

O que está sendo falado no blog



blog comments powered by Disqus