Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

DevTerm, um terminal portátil de código aberto com design modular e retro

Conheça o DevTerm, um terminal portátil de código aberto com design modular e retro, e leve o terminal para onde você for, literalmente.

Já imaginou poder levar o terminal para onde quiser e não ficar dependendo de computadores dos outros? Pois é, em breve isso será possível com o DevTerm.

DevTerm é um terminal portátil de código aberto com design modular (e retro), ou um novo computador portátil com uma estética muito antiga.

DevTerm, um terminal portátil de código aberto com design modular e retro

DevTerm, um terminal portátil de código aberto com design modular e retro
DevTerm, um terminal portátil de código aberto com design modular e retro

Projetado para se parecer com um terminal portátil old school (da velha escola), este computador modular de código aberto possui uma tela IPS de 1280 x 480 pixels de 6,8 polegadas, um teclado e módulo de bateria, além de uma impressora térmica embutida.

Sob o capô está uma placa-mãe ClockworkPi v3.14 com um slot para um computador em um módulo.

Até agora, o sistema foi projetado para suportar cinco módulos diferentes, com especificações variando de 1 GB de RAM e um processador ARM Cortex-A53 quad-core a 4 GB de RAM e um chip hexa-core com núcleos Cortex-A72 e Cortex-A53. Mas mais pode ser adicionado no futuro.

O DevTerm está disponível para pré-encomenda por US$ 219 ou mais, com o modelo mais acessível movido por um Módulo de Computador Raspberry Pi 3, enquanto outras versões apresentam módulos personalizados da ClockWork.

A empresa espera começar a enviar o DevTerm aos clientes em abril de 2021.

Se ClockWork soa familiar, é porque esta é a mesma empresa que faz o console de jogos portátil GameShell de alguns anos atrás.

Enquanto aquele sistema foi projetado para jogos e este novo dispositivo é mais uma máquina de produtividade/programação, a ideia básica é semelhante: hardware aberto com um design modular.

A empresa planeja publicar esquemas e materiais de design na página GitHub para o projeto sob uma licença GPL v3.

Além do módulo de computação, a placa-mãe possui USB-A, USB-C, micro HDMI e portas de áudio de 3,5 mm, pinos GPIO e conectores para tela, teclado e bateria, bem como um conector “Ext. Módulo” placa que possui alto-falantes, uma interface de ventilador, interface de câmera e portas adicionais.
DevTerm, um terminal portátil de código aberto com design modular e retro
Teoricamente, uma placa DIY ou de terceiros também pode adicionar recursos como modems celulares ou sensores.

E a ClockworkPi diz que também está avaliando arquiteturas de CPU adicionais, então é possível que você possa, eventualmente, ser capaz de usar módulos de computação com RISC-V, x86 ou arquitetura FPGA + ARM com o DevTerm.
DevTerm, um terminal portátil de código aberto com design modular e retro
O teclado do DevTerm possui 67 teclas com um mini trackball (em vez de um touchpad) na linha superior e três botões de clique do mouse abaixo da barra de espaço. Com os botões X, Y, B e A no lado direito e setas de direção à esquerda, o DevTerm também pode ser usado para alguns jogos retro.
jogos
Você pode encontrar mais detalhes na página da web do ClockworkPi DevTerm ou pré-encomendar na ClockworkPi Shop.

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.