Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Driver NVIDIA 470.86 lançado com correção VRR/G-SYNC

A NVIDIA lançou o Driver NVIDIA 470.86 com correção VRR/G-SYNC, e muito mais. Confira os detalhes dessa atualização e veja como instalar no Linux.

NVIDIA é uma multinacional americana com sede em Santa Clara, no estado da Califórnia, que fabrica peças de computador, e é mais popularmente conhecida por sua série de placas de vídeo GeForce.

A empresa também é uma das poucas que produz drivers para Linux. Atualmente ela disponibiliza dois tipos de driver para o Linux: o Latest Production Branch Version e o Latest New Feature Branch Version.

Latest Production Branch Version: Traz o driver mais estável
Latest New Feature Branch Version: Traz o driver com novas funcionalidades, portanto, menos estável

Embora desde o final de outubro tenha havido NVIDIA 495.44 como o driver beta da série 495 estável para usuários Linux, hoje é o lançamento v470.86 para aqueles que usam o antigo ramo de suporte de longo prazo.

Novidades do Driver NVIDIA 470.86

Driver NVIDIA 470.86 lançado com correção VRR/G-SYNC
Driver NVIDIA 470.86 lançado com correção VRR/G-SYNC

A série de driver NVIDIA 495 está sendo tratada como sua nova série de ramificação de recursos com suporte à API GBM e outras adições, enquanto a série de driver NVIDIA 470 continua a servir como sua versão de ramificação de produção.

O lançamento do driver NVIDIA 470.86 de hoje é pequeno, adicionando uma nova opção de instalador de driver NVIDIA e corrigindo uma regressão VRR/G-SYNC.

A regressão da taxa de atualização variável impediu que monitores compatíveis DisplayPort e HDMI 2.1 VRR/G-SYNC funcionassem corretamente no modo VRR. Isso gerou cintilação e outros problemas, mas agora deve ser resolvido com o driver Linux NVIDIA 470.86.

A nova opção do instalador de driver é a opção “--no-peermem” e pode ser usada para não instalar o módulo de kernel nvidia-peermem. O módulo de kernel de memória de pares NVIDIA é em torno do suporte de memória de pares RDMA GPUDirect.

Este módulo, quando emparelhado com sistemas com um adaptador de canal host Mellanox InfiniBand, pode permitir memória de leitura/gravação ponto a ponto na memória de vídeo GPU NVIDIA.

Isso é para cenários de computação GPU, mas se você não estiver implantando nesses servidores e não estiver preocupado com esse recurso de memória de mesmo nível, o módulo do kernel agora pode ser ignorado com facilidade.

Para saber mais sobre essa versão do Driver NVIDIA, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar

Para instalar a versão mais recente do Driver Nvidia nas principais distribuições Linux, use esse tutorial:
Como instalar a última versão do driver Nvidia no Linux
Instalando os mais recentes drivers gráficos proprietários no Ubuntu

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.