Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

DXVK 1.9.3 lançado com melhorias para Crysis 3, Black Mesa e outros jogos

E foi lançado o DXVK 1.9.3 com melhorias para Crysis 3, Black Mesa e outros jogos. Confira os detalhes dessa atualização.

DXVK é uma camada de tradução baseada em Vulkan para Direct3D 9/10/11 que permite a execução de aplicativos 3D no Linux usando Wine.

Ele fornece uma camada de tradução baseada em Vulkan para DXGI, D3D10 e D3D11, que pode ser usada no Linux com o Wine.

Na prática, DXVK é um conjunto de arquivos DLL de substituição que traduzem do DirectX 11 para o Vulkan.

Como o DXVK move o código DX11 para o Vulkan, o DXVK aborda diretamente o maior problema dos jogos do Wine atualmente, a incompatibilidade com as formas mais recentes do DirectX.

Dependendo do jogo e da sua configuração de hardware, o desempenho com o DXVK pode estar entre 60% e 80% do desempenho nativo do Windows.

O DXVK é usada por um número crescente de gamers Wine e agora pelo Proton do Steam Play, com a Valve financiando o desenvolvedor por trás deste projeto de código aberto.

Agora, o DXVK 1.9.3 foi lançado como a terceira atualização de correção de bug para a série 1.9 desta implementação de código aberto baseada em Vulkan do Direct3D 9, 10 e 11 para executar aplicativos 3D no Linux usando Wine.

DXVK 1.9.3 lançado com melhorias para Crysis 3, Black Mesa e outros jogos

DXVK 1.9.3 lançado com melhorias para Crysis 3, Black Mesa e outros jogos
DXVK 1.9.3 lançado com melhorias para Crysis 3, Black Mesa e outros jogos

O DXVK 1.9.3 está aqui cerca de quatro meses após o DXVK 1.9.2 para fazer a implementação do DLSS funcionar em jogos suportados em combinação com dxvk-nvapi, otimizar as constantes de sombreamento D3D9 para jogos usando processamento de vértice de software e corrigir um problema de DXGI que faz com que os jogos falha ao entrar no modo de tela cheia em alguns monitores que não suportam taxas baixas em todas as resoluções.

Além disso, esta versão apresenta uma opção para fornecer uma emulação mais precisa do comportamento de ponto flutuante do D3D9.

A nova opção está habilitada por padrão para vários jogos e também está aqui para corrigir problemas nos videogames Bayonetta, Red Orchestra 2, Dark Souls 2 (versão original), Dog Fight 1942, Guilty Gear Xrd, Rayman Origins e Richard Burns Rally .

Como esperado com todas as novas atualizações do DXVK, a versão 1.9.3 melhora o suporte para vários jogos do Windows que podem ser reproduzidos no Linux via Wine. Por exemplo, ele corrige uma regressão de sombras no jogo Black Mesa, corrige um problema de sombreamento no jogo Euro Truck Simulator e corrige caracteres ausentes na tela de seleção de personagens no jogo Injustice: Gods Among Us.

Ele também corrige um problema de tela branca na inicialização no jogo Rocksmith 2014, corrige problemas de brilho com a opção shader model 3 no jogo Spliter Cell: Chaos Theory, corrige um problema de renderização no jogo Sim City 2013, corrige artefatos de mapa de visão geral no Guild 3, e adiciona uma solução alternativa para o desempenho ruim no jogo Crysis 3 Remastered.

Para saber mais sobre essa versão do DXVK, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar

Se você estiver usando o DXVK em sua distribuição GLinux para jogar jogos do Windows, deve atualizar para o DXVK 1.9.3 assim que ele chegar aos repositórios de software.

Aqueles que desejam compilar o DXVK podem baixar o tarball de origem agora mesmo na página GitHub do projeto, onde você também pode ler as notas de versão completas.

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.