Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

EndeavourOS ARM lançado para dispositivos que usam processador ARM

Recentemente, o projeto EndeavourOS anunciou que lançaria uma versão para ARM, e agora, foi lançado o EndeavourOS ARM. Confira as novidades e descubra onde baixar a distro.

A descontinuação da Antergos baseada em Arch no ano passado levou à chegada de seu novo sucessor, EndeavourOS. Esse sistema foi iniciado pelo ex-moderador da Antergos Bryan Poerwoatmodjo, que agora é Líder de Projeto e Gerente de Comunidade do Endeavor OS.

Desde o primeiro lançamento estável do EndeavourOS em 15 de julho de 2019, ele continuou progredindo para entregar a distro baseada em Arch Linux mais fácil e amigável com um instalador gráfico offline e online.

Em seguida, para ampliar ainda mais a área de cobertura do EndeavorOS, Bryan Poerwoatmodjo anunciou recentemente um novo projeto para oferecer o EndeavourOS também para computadores ARM.

E agora, essa espera acabou e finalmente foi lançado o EndeavourOS ARM foi oficialmente para dispositivos movidos por um processador ARM, baseado no Arch Linux ARM.

Novidades do EndeavourOS ARM

EndeavourOS ARM lançado para dispositivos que usam processador ARM
EndeavourOS ARM lançado para dispositivos que usam processador ARM

Basicamente, EndeavourOS ARM é um porte do Arch Linux ARM, mas traz todos os benefícios da distribuição EndeavourOS, que é o sucessor do Antergos Linux (antigo Cinnarch), tornando a vida um pouco mais fácil para quem deseja usar o Arch Linux.

Para a instalação, ele usa um script de instalação semelhante ao do Arch Linux ARM, suportando quase os mesmos ambientes de desktop, incluindo GNOME, KDE Plasma, Xfce, MATE, LXQt, Cinnamon, Budgie, bem como o gerenciador de janelas i3.

O processo de instalação consiste em duas etapas, com um script automatizado para dispositivos testados.

“O primeiro instala o Arch Linux ARM base e o segundo executa um script que o orienta durante o processo de instalação para instalar o EndeavourOS como uma máquina desktop ou como um servidor headless.”, explica o desenvolvedor.

Em teoria, ele suporta os mesmos dispositivos do Arch Linux ARM, veja aqui uma lista completa.

No entanto, a equipe do EndeavourOS atualmente é pequena, sendo um projeto novo e tudo mais, então eles não puderam testar o EndeavourOS ARM em todos aqueles dispositivos, relatando melhores resultados apenas com os mais poderosos deles, como Odroid N2, Odroid N2+, Odroid XU4 e Raspberry Pi 4 Model B.

Claro, o EndeavourOS também será executado em outros dispositivos ARM populares, incluindo os da família Raspberry Pi e o laptop PINE64’s PineBook Pro.

Além disso, ele pode ser usado para criar um servidor headless ou um computador NAS (armazenamento conectado à rede) baseado em ARM.

Mas, como acontece com todos os novos projetos, sua ajuda é necessária. Se você tiver um dos dispositivos ARM suportados pelo Arch Linux ARM, você está convidado a baixar o EndeavourOS ARM do site oficial e dar uma olhada para ver o que funciona e o que não funciona.

A equipe de desenvolvimento recomenda um dispositivo que seja alimentado por pelo menos uma CPU Quad-Core a 1,5 GHz, 2 GB RA, duas portas USB 3.0 e uma porta Gigabit LAN, caso contrário, você notará uma perda significativa de desempenho.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o EndeavourOS ARM

A imagem ISO do EndeavourOS ARM já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.