Fedora 28 beta lançado com o GNOME 3.28 e muito mais

Confira os detalhes do lançamento do Fedora 28 beta com o GNOME 3.28 e descubra onde baixar!

John Terrill, da Red Hat, anunciou a disponibilidade imediata do Fedora 28 beta com o GNOME 3.28 e várias outras novidades. Confira os detalhes desse lançamento e descubra onde baixar.
a versão beta do futuro sistema operacional Fedora 28 do Fedora Project,


Fedora (anteriormente Fedora Core) é uma distribuição Linux desenvolvida pelo Projeto Fedora, que é suportada pela comunidade e pela Red Hat.
Fedora 28 beta lançado com o GNOME 3.28 e muito mais
Fedora 28 beta lançado com o GNOME 3.28 e muito mais

Esse sistema contém diversos softwares distribuídos sob licença livre e de código aberto e pretende estar na vanguarda de tais tecnologias.

A área de trabalho padrão no Fedora é o ambiente desktop GNOME e a interface padrão é o GNOME Shell.

Contudo, outros ambientes de trabalho, incluindo o KDE, Xfce, LXDE, MATE e , estão disponíveis. Isso porque o Projeto Fedora também distribui variações personalizadas de Fedora chamadas de Fedora spins.

Fedora spins são construídos com conjuntos específicos de pacotes de software, para oferecer ambientes de trabalho alternativos ou segmentação para interesses específicos, tais jogos, segurança, design, computação científica e robótica.

A distribuição do Fedora está disponível em três edições: Workstation, Server e Atomic Host e pode ser executada em uma variedade de hardware, incluindo placas i686, x86_64 e ARM.

Novidades do Fedora 28 beta

Fedora 28 beta lançado com o GNOME 3.28 e muito mais
Fedora 28 beta lançado com o GNOME 3.28 e muito mais

Inicialmente previsto para o final de março de 20, o Fedora 28 Beta está disponível para testes públicos, trazendo muitas das mais recentes tecnologias livres e abertas.

Entre estas, podemos mencionar o recém-lançado ambiente GNOME 3.28 para o Fedora 28 Workstation, e um novo repositório modular para o Fedora 28 Server.

Sobre isso, Eduard Lucena, comentou:

“Em vez de um sistema operacional modular modular separado, adicionamos um novo repositório modular junto ao Repositório de Tudo tradicional. Com o Fedora Server Edition, o repositório Modular estará imediatamente disponível. Você terá acesso a alguns módulos hoje com mais por vir durante o período de lançamento da versão F28.”

A iniciativa de modularidade do Fedora 28 Server promete permitir que os administradores de sistemas executem múltiplas versões do mesmo software na mesma máquina sem comprometer sua estabilidade e confiabilidade.

Além disso, o Fedora 28 Server Edition suporta a arquitetura de hardware AArch64 (ARM64) como uma arquitetura primária. Como esperado, o sistema operacional está usando o último kernel estável do Linux 4.15.

Outros recursos notáveis ​​presentes na versão Beta do Fedora 28 incluem o compilador mais recente do sistema GNU Compiler Collection (GCC) 8, GNU C Library 2.27, Golang 1.10, Ruby 2.5 e a ferramenta de orquestração de contêiner Kubernetes 1.9 da Red Hat para o Fedora 28 Atomic Host Beta.

O lançamento do Fedora 28 Beta está disponível na Workstation com os desktops GNOME, KDE, Xfce, LXDE, LXQt, MATE, Cinnamon e SoaS, Server, Atomic Host e ARM para os computadores de placa única Raspberry Pi 2 e Raspberry Pi 3.

No entanto, você deve ter em mente que esta é uma versão de pré-lançamento do sistema operacional Fedora 28, o que significa que você não deve implantá-lo em um ambiente de produção, pois alguns recursos ainda podem estar ausentes e você pode encontrar bugs.

A versão final do sistema operacional Fedora 28 deve chegar às ruas no próximo mês de 8 de maio de 2018.

Para saber mais detalhes sobre essa versão do sistema, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o Fedora 28 beta

A imagem ISO do Fedora 28 beta já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.
Ou use os links abaixo:

Ou confira uma das populares variantes, incluindo o KDE Plasma, o Xfce e outros ambientes de área de trabalho, bem como imagens para dispositivos ARM como o Raspberry Pi 2 e 3:

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:
Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

Conheça melhor o Fedora

Para saber mais sobre o Fedora, clique nesse link.

O que está sendo falado no blog nos últimos dias





blog comments powered by Disqus