Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Fedora 34 terá uma versão aarch64 com Plasma para PC’s de placa única

Mal saiu o Fedora 33 e já há um boa notícia sobre a próxima versão, o Fedora 34 terá uma versão aarch64 com Plasma para PC’s de placa única.

Recentemente, publiquei alguns artigos sobre os melhores sistemas operacionais baseados em Linux que podemos usar no Raspberry Pi.

Na verdade, já existe muitos sistemas operacionais baseados em Linux com suporte ao Raspberry Pi e outros SBC’s (Single Board Computer). Entretanto, a maioria deles é baseada no Debian.

Agora, o Ubuntu 20.10 não só inclui suporte, mas lançou uma imagem pré-instalada para a placa-mãe.

Mas no mundo da tecnologia o progresso é muito rápido e as pessoas começam a falar sobre o futuro antes mesmo de uma etapa anterior ter sido inciada.

Uma prova disso é que o Fedora 34 está preparando algo interessante relacionado a isso: o projeto lançará uma versão do KDE para computadores que usam a arquitetura ARM de 64 bits, ou seja, a base da maioria dos SBCs.

Fedora 34 terá uma versão aarch64 com Plasma para PC’s de placa única

Fedora 34 terá uma versão aarch64 com Plasma para PC's  de placa única
Fedora 34 terá uma versão aarch64 com Plasma para PC’s de placa única

O Fedora está atualmente disponível com o desktop KDE Plasma para a arquitetura x86_64, mas não para o aarch64.

Sim, podemos usá-lo na versão GNOME, que é o desktop padrão da distribuição, e no Xfce, que é o que muitas distros costumam escolher para placas simples devido à sua leveza.

Em breve, como podemos ler nesta página Wiki deles onde detalham os planos, também poderemos usar uma versão com Plasma, que para muitos usuários é o melhor desktop em Linux.

E quando estará disponível? O Fedora geralmente lança uma nova versão a cada seis meses, então ela deve chegar em abril de 2021.

O dia exato ainda não foi confirmado, mas é uma boa notícia para quem quer um ambiente gráfico agradável, que não pesa muito e baseado no Fedora no seu Raspberry Pi.

E você? O que acha dessa nova empreitada do projeto Fedora? Você testará essa nova variante? Deixe a sua opinião nos comentários!

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.