Fedora poderia mudar para um modelo de lançamento anual

Discussões recentes na comunidade Fedora sugerem que o Fedora poderia mudar para um modelo de lançamento anual. Confira!

Discussões recentes na comunidade Fedora sugerem que o Fedora poderia mudar para um modelo de lançamento anual. Confira os detalhes do assunto!


O Fedora é uma distribuição feita para evoluir na velocidade mais rápida possível. Isso é parcialmente explicado pelo fato de que o projeto lança uma versão a cada seis meses teóricos, enquanto o suporte de cada versão é apenas um ano teórico (na verdade, são duas versões).
Fedora poderia mudar para um modelo de lançamento anual
Fedora poderia mudar para um modelo de lançamento anual

Sim, a distribuição da comunidade da Red Hat não é tão focada no usuário final quanto a evolução das tecnologias que são incluídas no RHEL. Ou assim tem sido até agora.

Fedora poderia mudar para um modelo de lançamento anual

No entanto, nos últimos dias, incluindo pesos pesados ​​da comunidade Fedora estão tendo uma discussão que poderia alterar a distribuição ciclo de lançamento de um ano, mas por agora, as coisas parecem ser muito difusa dar algo feito.

No entanto, nos últimos dias, entre os pesos pesados da comunidade Fedora está havendo uma discussão que poderia mudar o ciclo de lançamentos da distribuição para apenas uma vez por ano, mas por enquanto, as coisas parecem ser muito difusas.

Na lista de discussões, Paul Frields disse que teria que:

“ignorar o ciclo de lançamento do Fedora 31 e Fedora 30 deixando mais tempo para se concentrar em melhorar as ferramentas e testar as alterações.”

A intenção é bastante óbvia, uma vez que se destina a melhorar a confiabilidade do sistema operacional e “reduzir os esforços manuais e as complexidades envolvidas na produção de artefatos da distribuição”.

Como poderia ser de outra forma, pouco depois de colocar sobre a mesa esta proposta surgiram vozes discordantes que indicam que isso iria retardar a evolução do Fedora, fazendo com que grande parte do software fique estancado por mais tempo.

A distribuição em questão geralmente fornece sempre uma das versões mais recentes do kernel Linux, mas outros componentes, como o GNOME, só recebem atualizações de manutenção para corrigir falhas de ou mau funcionamento.

Isso significaria manter a mesma versão do GNOME (e muitos outros componentes) durante um ano inteiro.

Com o brainstorming, outros decidiram propor que o Fedora se torne uma distribuição de atualização continua (rolling release).

Sabendo seu propósito, é provavelmente o salto mais lógico não apenas para os desenvolvedores, mas também para os usuários.

Esta idéia também surgiu em fóruns focados no Ubuntu, porque a Canonical poderia poderia eliminar os lançamentos de nove meses, converter sua distribuição em rolling release e depois congelar apenas as versões LTS, que teria um software mais estável e antigo para fins de necessidades de produção e estabilidade.

Embora o Fedora agora pode ser convertido em uma rolling release com o repositório Rawhide, ele não fornece um software polido o suficiente para o usuário final.

Como já dito antes, todas estas são apenas propostas para mudar o ciclo de lançamentos do Fedora. Se nenhum acordo for alcançado talvez as coisas continuem como antes.

No entanto, este não é um problema menor, porque esta distribuição é uma das grandes referências tecnológicas do Linux em questões de servidor e desktop, fazendo qualquer mudança importante que implemente possa acabar tendo muitas consequências colaterais, incluído em famílias aparentemente tão distantes como o Debian e o Ubuntu.

E para você, qual modelo de lançamento o Fedora deve adotar?

Deixe sua opinião nos comentários!

O que está sendo falado no blog

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo



blog comments powered by Disqus