Como instalar o navegador Firefox no Linux via Snap

Mozilla Firefox agora está disponível como um pacote Snap! Confira os detalhes dessa novidade e veja como instalar o navegador Firefox no Linux via Snap!

A versão mais recente do Mozilla agora está disponível como um pacote qualquer Linux que suporte essa tecnologia, então, confira os detalhes dessa novidade e veja como instalar o Firefox no Linux via Snap.


Ter a opção de instalar um programa no formato Snap é muito impórtante, mesmo que ele já esteja disponível nos prinipais sistemas Linux, como o é o caso do Firefox. Mas esse não é apenas um pacote Snap qualquer, e sim um pacote oficial, feito pela própria Mozilla.
Como instalar o navegador Firefox no Linux via Snap
Como instalar o navegador Firefox no Linux via Snap

A promessa era antiga: a Mozilla disse que eles fariam um caminho Snap em 2016. Só levaram dois anos para realmente conseguir o que queriam fazer.

Então, você provavelmente está se perguntando se há algum benefício para usar o pacote Snap do Firefox, em vez da versão com a qual o Ubuntu e outras distros entregam pré-instalado. A resposta é: ainda não.

Por um lado, o pacote Firefox Snap é um download de 193MB, ou seja, é 120 MB maior do que a versão regular disponível para download no site da Mozilla.

O pacote Snap do Firefox ainda possui alguns problemas importantes: Ele funciona bem com o tema Ambiance, mas se você tenta usar um tema GTK menos comum, como o novo CommuniTheme, Arc ou Canta.

Enquanto o pacote snap do Firefox manipulava a reprodução de vídeo 1080p no YouTube como um campeão, atualmente ele não funciona com sites que exigem um plugin DRM, como o Netflix.

Você até consegue fazer login no Netflix sem problemas, selecionar a conta e exibir o catálogo completo de conteúdo. O Firefox até solicita “habilitar DRM” para ativar a reprodução (como é esperado), mas depois de concordar, todo o sistema congela, exigindo uma reinicialização difícil.

Portanto, esse pacote ainda não está maduro suficiente para uso. Entretanto, se você quiser experimentá-lo, veja abaixo como instalar.

Como instalar a versão mais recente do navegador Firefox no Linux via Snap

Para instalar o navegador Firefox no Linux via Snap você precisa ter o suporte a essa tecnologia instalado em seu sistema. Se não tiver, use o tutorial abaixo para instalar:

Como instalar o suporte a pacotes Snap no Linux

Depois, você pode instalar o navegador Firefox no Linux via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Instale a versão estável do programa, usando esse comando:

sudo snap install firefox

Passo 3. Instale a versão candidate do programa, usando esse comando:

sudo snap install firefox --candidate

Passo 4. Instale a versão beta do programa, usando esse comando:

sudo snap install firefox --beta

Passo 5. Instale a versão edge do programa, usando esse comando:

sudo snap install firefox --edge

Passo 6. Mais tarde, se você precisar atualizar o programa, use:

sudo snap refresh firefox

Passo 7. Depois, se for necessário, desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo snap remove firefox

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite firefox ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Se não conseguir localizar o comando de execução, execute o comando abaixo:

which firefox

Veja também

Você também pode instalar o programa usando esse outro tutorial:
Firefox no Linux – veja como instalar manualmente
Firefox ESR no Linux – veja como instalar manualmente
Como instalar o Firefox Nightly no Ubuntu e derivados
Como atualizar o Firefox para a última versão no Ubuntu e derivados
Mais artigos sobre o Firefox

O que está sendo falado no blog

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo



blog comments powered by Disqus