Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Golpes de emprego falso no WhatsApp deixaram indianos presos no Oriente Médio

Aproveitando-se do desespero das pessoas, Golpes de emprego falso no WhatsApp deixaram indianos presos no Oriente Médio. Confira os detalhes dessa triste história.

Golpes do emprego falso no WhatsApp estão se tornado algo comum aqui no Brasil e também em outros países. Os golpistas se aproveitam da ingenuidade e desespero das pessoas que procuram uma oportunidade de melhorar de vida.

Golpes de emprego falso no WhatsApp deixaram indianos presos no Oriente Médio
Golpes de emprego falso no WhatsApp deixaram indianos presos no Oriente Médio

Por exemplo, no contexto do aumento do desemprego na Índia, o desespero por empregos levou a muitos golpes e Golpes do emprego falso.

Golpes do emprego falso no WhatsApp deixam índianos presos no Oriente Médio

Atraídos por essas falsas ofertas de emprego em Dubai, nove profissionais indianos foram deixados presos nos Emirados Árabes Unidos (EAU). Os candidatos a emprego conseguiram oportunidades em Dubai por meio de plataformas de mídia social como o WhatsApp.

Citando uma das vítimas, Fazil, o The Times Of India relatou o seguinte:,

“Uma mensagem do WhatsApp que prometia empregos nos Emirados Árabes Unidos dentro de 15 dias estava sendo amplamente compartilhada em Kerala, e eu também recebi a mensagem encaminhada. Eu realmente pensei que era genuína porque muitas pessoas estavam demonstrando interesse.”

Alegando estar desempregados no momento, as vítimas disseram que gastaram mais de ₹ 70.000 para obter vistos de visitante para os Emirados Árabes Unidos por criminosos em Kerala.

Uma das vítimas, Fazil, disse que:

“Conversei com o agente que me convenceu de que terei um emprego em um supermercado assim que aterrissar. Ele me disse que receberei Dh1.200 como salário mensal e comida e acomodação grátis. Eu estava passando por momentos difíceis, e pensei que seria um bom começo para mim “

Quando desembarcaram em Dubai, perceberam que haviam sido enganados. Segundo as vítimas, um agente local os levou a Ajman e Al Ain. A embaixada da Índia em Abu Dhabi chegou para enviá-los de volta para casa.

Este não é, no entanto, o único caso. No mês passado, cinco homens ficaram sem emprego em Dubai, que trocaram vistos de visitantes pelo país.

A embaixada disse o seguinte ao Khaleej Times:

“Relatamos cerca de 40 casos para autoridades indianas e investigações policiais. Isso é importante para impedir que esses agentes ilegais enganem mais pessoas.”

Emirados Árabes Unidos tem empregos, mas existem canais oficiais e regras de imigração

A embaixada advertiu os candidatos a usar os canais oficiais e seguir as regras de imigração.

Por outro lado, os Emirados Árabes Unidos estenderam 2.394 novas licenças para estrangeiros em junho deste ano – incluindo índianos.

Recrutamentos falsos também enganaram mais de 75 funcionários indianos no Catar, em nome da empresa Ceprotec. Os candidatos deram seus passaportes aos recrutadores e também pagaram quase ₹ 65.000 por vistos.

Os portais e embaixadas da empresa começaram a alertar potenciais candidatos a emprego em seu site sobre ofertas de emprego falsas.

Independente de onde seja a oportunidade, antes de levar a sério a divulgação de vagas de emprego, procure descobrir os caminhos corretos para se candidatar, e desconfie de atravessadores que cobram pelo a cesso a uma vaga.

Fonte: BUSINESS INSIDER

O que está sendo falado no blog

No Post found.

Veja mais artigos publicados neste dia…

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.