Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Google confirmou o travamento do Chrome em Macs com CPUs da Apple

Pouco depois de lançar o Chrome 87, o Google confirmou o travamento do Chrome em Macs com CPUs da Apple. Conheça e veja como corrigir.

O Google começou a lançar o Chrome 87 na terça-feira (17/11), a primeira versão especificamente otimizada para rodar em dispositivos macOS com chips Apple M1.

O Chrome 87 é “até 25% mais rápido para inicializar e 7% mais rápido para carregar páginas, usando menos memória”, de acordo com o Google.

O desempenho foi aumentado por meio da aceleração do temporizador de JavaScript (permitindo apenas que os temporizadores de JavaScript despertem e executem uma função a cada minuto) e por meio do rastreamento de oclusão para determinar quais guias são usadas para que os recursos sejam alocados apenas para guias ativamente usadas.

O Google também desativou o suporte a FTP por padrão nesta versão, o que significa que visitar um site ftp:// não fará nada no navegador da web.

Esta versão também aborda o ataque Slipstream descoberto pelo pesquisador de segurança Samy Kamkar, um novo ataque que permite que os agentes da ameaça contornem o NAT e acessem qualquer porta TCP/UDP no computador da vítima.

Ao todo, o Chrome 87 corrige 33 vulnerabilidades de segurança, com o Google restringindo os detalhes do bug até que a grande maioria dos usuários seja atualizada.

Chrome 87 lançado com ainda mais melhorias de desempenho
E agora, o Google está trabalhando atualmente para corrigir um problema conhecido que causa a falha repentina de uma versão do navegador Google Chrome lançada especificamente para os processadores Apple.

Google confirmou o travamento do Chrome em Macs com CPUs da Apple

Google confirmou o travamento do Chrome em Macs com CPUs da Apple
Google confirmou o travamento do Chrome em Macs com CPUs da Apple

Esse problema conhecido deve afetar apenas os usuários do Google Chrome que baixaram e instalaram o navegador web hoje em dispositivos macOS com processador Apple M1.

“Hoje, mais cedo, atualizamos nossa página de download do Chrome para incluir uma nova versão do Chrome otimizada para novos dispositivos macOS com processador Apple”, disse o gerente de suporte do Chrome Craig Tumblison.

“Descobrimos que a versão do Chrome disponibilizada para download hoje pode travar inesperadamente.”

O Google já identificou uma correção para este problema e está trabalhando atualmente no lançamento de uma versão corrigida do Google Chrome que funcionará sem travar inesperadamente.

Solução alternativa disponível

Até que o Google forneça uma versão corrigida do Chrome, o Tumblison fornece uma solução alternativa que deve permitir que os usuários afetados restaurem seu navegador para um estado de funcionamento.

A solução temporária requer que você instale a versão do processador Intel Chrome, seguindo as seguintes etapas:

Passo 1. Desinstale o Chrome.
Passo 2. Visite a página de download do Chrome.
Passo 3. Se solicitado, selecione “Mac com chip Intel” ao baixar o Chrome.

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.