Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Google está descontinuando o suporte para aplicativos do Chrome

Infelizmente, o Google está descontinuando o suporte para aplicativos do Chrome, e agora, ampliou o prazo final do suporte para o ano de 2025.

Quando o Google lançou o Chrome Apps em 2013, a ideia era permitir que os desenvolvedores da web criassem aplicativos que funcionassem mais como aplicativos nativos de desktop, graças às APIs poderosas e à capacidade de execução mesmo se você estiver offline, entre outras coisas.

Mas os navegadores e os padrões web evoluíram muito desde então – e o Google diz que os aplicativos do Chrome não são mais necessários. Portanto, a empresa vai encerrar totalmente o suporte para eles nos próximos anos.

Google está descontinuando o suporte para aplicativos do Chrome

Google está descontinuando o suporte para aplicativos do Chrome
Google está descontinuando o suporte para aplicativos do Chrome

Na verdade, isso é uma continuação de uma mudança que a empresa fez em 2016. Na época, o Google anunciou que encerraria o suporte para aplicativos do Chrome no Windows, Mac e Linux removendo-os primeiro da Chrome Web Store e, em algum momento de 2018, os aplicativos que já estavam instalados não funcionariam mais.

No início do ano passado, o Google anunciou que o prazo havia sido estendido um pouco, com o Chrome Apps para Windows, Mac e Linux continuando a ter suporte até junho de 2021.

Na época, a empresa disse que os usuários do Chromebook poderiam continuar usando o Chrome Apps até junho de 2022.

Mas respondendo ao feedback de clientes empresariais e educacionais, o Google agora diz que o Chrome OS dará suporte ao Chrome Apps até pelo menos janeiro de 2025.

Ou seja, mesmo com o alongamento do prazo, os dias da plataforma ainda estão contados.

Embora o Google permita que os desenvolvedores de aplicativos do Chrome existentes forneçam atualizações para a Chrome Web Store por enquanto, os desenvolvedores não podem enviar nenhum novo aplicativo do Chrome e, em vez disso, são incentivados a usar os Progressive Web Apps (aplicativos da Web progressivos).

Por fim, o Google observa que as extensões do Chrome continuarão a ter suporte em todas as plataformas daqui para frente, assim como os temas.

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.