Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Google estaria evitando atualizar seus apps iOS para evitar fornecer informações sobre os dados que coleta

Fatos recentes indicam de que o Google estaria evitando atualizar seus apps iOS para evitar fornecer informações sobre os dados que coleta.

Acho que a esta altura, e num blog como este, não há ninguém que não saiba que existem empresas que pouco ou nada respeitam a nossa privacidade.

As mais importantes são o Facebook e o Google, ambas empresas cuja fonte de receita mais importante é a publicidade. Para poderem nos oferecer anúncios personalizados, eles precisam de nossas informações e sabem quase tudo sobre nós.

Empresas como Firefox ou Apple querem que isso mude, mas é claro que nem todo mundo pensa o mesmo.

Este novo episódio sobre privacidade começou em setembro. A Apple lançou o iOS 14, e uma de suas novidades foi uma função que informava os usuários sobre os dados coletados por qualquer aplicativo.

O Facebook reclamou disso antes do lançamento da versão estável do iOS 14, motivo pelo qual a empresa de Cupertino atrasou a chegada desse recurso para o iOS 14.3.

Mark Zuckerberg também encheu os jornais com anúncios atacando a Apple, alegando que isso seria ruim para as PMEs, mas Tim Cook e sua equipe seguiram com seu plano: a função de privacidade agora está disponível.

Agora, qualquer desenvolvedor que deseja entregar um aplicativo para a iOS App Store deve fornecer novas informações, especificamente quais dados ele coleta do usuário que instala e executa o referido aplicativo.

Nesse ponto, o Google estaria evitando atualizar seus aplicativos iOS e evitar fornecer informações sobre os dados que coleta.

Google estaria evitando atualizar seus apps iOS para evitar fornecer informações sobre os dados que coleta

Google estaria evitando atualizar seus apps iOS para evitar fornecer informações sobre os dados que coleta
Google estaria evitando atualizar seus apps iOS para evitar fornecer informações sobre os dados que coleta

Conforme relatado pela Fast Company, o Google atualizou seus aplicativos em 7 de dezembro, um dia antes de a Apple forçar os desenvolvedores a adicionar essas informações aos seus aplicativos.

No momento, se entrarmos na seção do novo recurso iOS 14.3, veremos apenas a mensagem “Nenhum detalhe foi fornecido”.

Qualquer usuário cético, como eu, pode pensar que não se passou um mês desde a última atualização e que isso pode não significar nada, mas acontece que os aplicativos Android carregaram atualizações, várias, na verdade, o que faz pensar que o Google simplesmente não quer ser transparente.

A outra possibilidade é que a empresa esteja reescrevendo seus aplicativos para que eles não coletem tanta informação, pois, se muito for “roubado” de nós, só teriam má publicidade.

Agora duas coisas precisam ser vistas: quando o Google atualiza seus aplicativos iOS e o que diz nesta seção de privacidade.

Pessoalmente, estou ansioso por esse momento, e provavelmente alguém vai acabar procurando alternativas para seus aplicativos e serviços.

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.