Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Governo dos EUA está processando o Google por monopólio ilegal

Novamente, o Governo dos EUA está processando o Google por monopólio ilegal sobre os mercados de busca e publicidade. Confira os detalhes dessa batalha.

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos entraram com uma ação antitruste contra o Google por manter um monopólio ilegal sobre os mercados de busca e publicidade.

O Google é acusado de matar a concorrência por meio de uma série de acordos exclusivos, e é um dos maiores casos antitruste da história dos Estados Unidos.

Governo do EUA está processando o Google por monopólio ilegal

Governo dos EUA está processando o Google por monopólio ilegal
Governo dos EUA está processando o Google por monopólio ilegal

O processo, aberto em Washington DC, acusa o Google de criar e abusar de seu monopólio sobre o mercado de mecanismos de busca ao assinar contratos de negócios exclusivos e acordos para impedir o acesso de seus concorrentes.

Exemplos de tais contratos incluem os bilhões de dólares que o Google paga à Apple para tornar o Google o mecanismo de busca padrão em iPhones.

Acordos semelhantes foram feitos com fabricantes de telefones Android, bem como para pré-carregar o mecanismo de busca do Google em seus smartphones para tornar difícil para os motores de busca rivais competir na corrida.

Uma vez iniciado, o processo antitruste do Google pode durar anos. Ele também pode desencadear um monte de outros processos antitruste em andamento por procuradores-gerais estaduais.

Atualmente, quatro dezenas de estados e jurisdições teriam conduzido investigações paralelas e planejam lançar queixas separadas contra o monopólio do gigante da tecnologia em publicidade online.

Um briefing do procurador-geral adjunto Jeffrey A. Rosen foi agendado para terça-feira, o que vai lançar mais luz sobre os detalhes deste caso.

A empresa controladora do Google, Alphabet, está avaliada em US$ 1,04 trilhão e com reservas de caixa de US$ 120 bilhões. Seu mecanismo de busca controla quase 90% do mercado de buscas online.

No ano passado, o Google lucrou US$ 34,3 bilhões com a receita de buscas nos Estados Unidos. Em 2022, esse número deve aumentar em até US$ 42,5 bilhões. Agora, o Google já enfrentou processos antitruste semelhantes na Europa. Mas eles certamente não eram tão grandes quanto o que está atualmente à mão.

Naquela época, o Google afirmava ter forte concorrência no mercado de buscas – tanto que mais pessoas buscam informações em sites como o Amazon. Chegou mesmo a afirmar que os serviços que fornece têm sido benéficos para as pequenas empresas.

No entanto, é um fato bem conhecido que um número esmagadoramente grande de entidades – desde grandes corporações públicas a pequenas empresas e empreendedores – depende do Google para obter tráfego, e não há mecanismo de pesquisa alternativo que possa substituir esse grande escala.

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.