Insync 3 Beta lançado com o recurso OneDrive Sync para Linux

Confira as novidades do Insync 3 Beta e veja onde baixar!

E foi lançado o Insync 3 com o recurso OneDrive Sync para Linux e outros recursos. Confira as novidades e veja onde baixar.

Como o Google Drive, o Microsoft OneDrive é um serviço de armazenamento em gratuito que funciona em várias plataformas, incluindo dispositivos móveis.

Mas, como o Google Drive, não há um cliente oficial do OneDrive para Linux. Para preencher o vazio do recurso, a funcionalidade foi deixada para ferramentas e scripts de terceiros, como Insync.

Embora o Insync não seja gratuito, ele é usado há muito tempo (lançado pela primeira vez em 2012) e é geralmente considerado uma ferramenta de sincronização confiável, popular e fácil de usar.

O Insync é um cliente Google Drive não oficial que estende a funcionalidade da unidade web para o seu desktop, integrando-se firmemente com Windows, Mac e Linux, para que o usuário possa começar a trabalhar sem ajustes.

No Linux, o Insync vem com área de notificação (bandeja do sistema) e suporte a Ubuntu AppIndicator. Além disso, ele se integra com a maioria dos gerenciadores de arquivos – há extensões disponíveis para Nautilus, Nemo, Caja, Thunar e Dolphin.

Os desenvolvedores por trás dessa ferramenta paga e patenteada de sincronização de armazenamento em nuvem, anunciaram planos para dar suporte ao Microsoft OneDrive em fevereiro deste ano.

Passados alguns meses e o suporte do OneDrive está pronto para testes por meio de uma nova versão beta dedicada para desktops Windows, macOS e Linux.

Ou seja, finalmente é possível sincronizar arquivos do OneDrive no Linux usando o Insync 3.

Lançado o Insync 3 Beta

Insync 3 Beta lançado com o recurso OneDrive Sync para Linux
Insync 3 Beta lançado com o recurso OneDrive Sync para Linux

Com o lançamento do Insync 3 programado para o final deste ano, a ferramenta irá subir de nível expandindo seus recursos de sincronização para suportar a sincronização do Microsoft OneDrive em sistemas Linux.

Embora já seja possível usar o OneDrive no Linux usando vários scripts de CLI, um cliente de GUI robusto e confiável há muito tempo é desejado por usuários menos familiarizados com as ferramentas baseadas em terminal.

Novo mecanismo de sincronização também!

Além de adicionar suporte ao OneDrive, o Insync 3 beta também está no topo de um novo mecanismo de sincronização reconstruído a partir do Python 3 e apelidado de ‘Core 3’.

A equipe do Insync diz que o novo e melhorado mecanismo de sincronização permite uma série de novos e aprimorados recursos, incluindo:

  • Velocidades de sincronização mais rápidas;
  • Configuração simplificada;
  • Revised sync ui;
  • Pastas de sincronização separadas;
  • Construções de 64 bits para macOS e Linux;

Infelizmente, não são todos os acréscimos: o InSync 3 não vem com nenhuma versão headless nem uma interface de linha de comando.

OneDrive Linux Sync será gratuito durante o Beta

Ou seja, durante o período do Insync 3 beta, você pode sincronizar dados de e para o Google Drive e/ou o OneDrive gratuitamente – não é necessária pagar uma assinatura no momento.

Os testadores do beta também devem fornecer feedback e relatórios de erros de arquivos para ajudar a melhorar o cliente.

No entanto, depois que o aplicativo sair da versão beta, será necessário assinar um dos vários planos pagos do Insync (se você ainda não o fez) para continuar usando o cliente.

Mais detalhes sobre os custos do extrato serão, imagino, disponibilizados mais próximos do lançamento estável.

Faça o download do Insync 3 Beta

Você pode baixar o Insync 3 beta para Windows, macOS e (mais importante) Linux do site Insync 3 beta.

Se você planeja testar a sincronização do OneDrive, tenha em mente que esta é uma versão beta, haverá bugs e alguns recursos ainda serão implementados.

Como o Insync 3 ainda está em beta, algumas funções ainda não estão disponíveis ou funcionando corretamente, incluindo:

  • Sincronizar qualquer pasta;
  • Barra de progresso;
  • Alterando o local de sincronização padrão;
  • Pausar e retomar a sincronização;
  • Conversão de documentos;
  • Links simbólicos;
  • Atalhos de nuvem (abrir, renomear, excluir);

Os usuários existentes do InSync 1.5 também são aconselhados a NÃO reutilizar as pastas de sincronização existentes com o cliente beta.

Há dois instaladores de 64 bits para o Ubuntu: um para o Ubuntu 16.04 LTS e um, vinculado abaixo, para o 18.04 LTS.

O instalador do 18.04 pode ser usado em versões mais recentes do Ubuntu, incluindo o Ubuntu 19.04.

Há também uma extensão para o Nautilus opcional que você pode instalar ao lado do cliente de sincronização para acessar algumas atualizações do navegador de arquivos.

Entretanto, observe que a extensão Nautilus pode não funcionar com versões mais recentes do Nautilus.

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo