IPFire 2.21 Core Update 125 lançado com Suporte a Wi-Fi 802.11ac

Confira as novidades o lançamento do IPFire 2.21 Core Update 125 e descubra onde baixar a distro!

Foi lançada uma nova atualização da de firewall Linux profissional IPFire, o IPFire 2.21 Core Update 125. Confira as novidades e descubra onde baixar a distro.


IPFire é uma distribuição Linux que se concentra em facilidade de configuração, bom manuseio e alto nível de segurança.

IPFire 2.21 Core Update 125 lançado com Suporte a Wi-Fi 802.11ac
IPFire 2.21 Core Update 125 lançado com Suporte a Wi-Fi 802.11ac

Ou seja, IPFire é uma distribuição Linux para firewalls que oferece uma variedade de ferramentas de segurança e foi projetada para ser fácil de configurar.

Ele pode ser operado através de uma interface web intuitiva via navegador, que oferece muitas opções de configuração para administradores de sistemas iniciantes e experientes.

O sistema é fornecido com um de pacotes personalizado chamado Pakfire e o sistema pode ser expandido com vários complementos.

Novidades do IPFire 2.21 Core Update 125

Michael Tremer, do projeto IPFire, anunciou a disponibilidade geral do IPFire 2.21 Core Update 125, uma atualização incremental para a rígida distribuição de firewall Linux de código aberto voltada para roteadores e firewalls de hardware.

Embalado com muitas correções de bugs e limpezas, o patch IPFire 2.21 Core Update 125 está aqui para introduzir suporte ao padrão 802.11ac Wi-Fi no add-on IPFire Access Point, que deve permitir uma melhor cobertura wireless e maiores taxas de transferência de rede, especialmente em ambientes domésticos.

É claro que a máquina que executa o IPFire deve ter uma interface de rede que suporte o protocolo sem fio 802.11ac para que isso funcione.

No anúncio, Michael Tremer disse o seguinte:

“Embora o IPFire possa não ser a primeira escolha como ponto de acesso sem fio em ambientes maiores, é perfeito administrar um único escritório ou apartamento. Além disso, um novo switch permite desabilitar a chamada varredura de vizinhança onde o ponto de acesso procurará por outras redes sem fio na área. Se elas forem encontradas, a largura de banda do canal de 40 MHz estará desativada, levando a uma taxa de transferência mais lenta.”

Se você não estiver interessado no suporte Wi-Fi 802.11ac, considere a possibilidade de atualizar suas instalações para o IPFire 2.21, pois ele traz muitas correções de segurança e erros, incluindo o strongSwan 5.7.1, que corrige várias falhas na implementação usada para analisar e verificar as assinaturas RSA no plug-in GMP, permitindo a falsificação de assinatura de baixo expoente no estilo Bleichenbacher durante a autenticação IKE e em certificados.

pacotes atualizados incluídos nesta atualização incremental são a GNU C Library (glibc) 2.28, Coreutils 8.30, Apache 2.4.35, BIND 9.11.4-P2, GnuTLS 3.5.19, , SQLite 3.25.2.0, Squid 3.5.28, LVM2 2.02.181, NTFS-3G 2017.3.23, dhcpcd 7.0.8, e2fsprogs 1.44.4, reiserfsprogs 3.6.27, xfsprogs 4.18.0, eudev 3.2.6, json-c 0.13.1, keyutils 1.5.11, kmod 25, e tzdata 2018g.

Os complementos atualizados incluem o ClamAV 0.100.2, TOR 0.3.4.9, NFS 2.3.3, HAProxy 1.8.14, hostapd 2.6 e o libvirt 4.6.0.

Entre outras mudanças dignas de nota, podemos mencionar que os gráficos de IO foram atualizados para suportar discos NVMe, o subsistema de SFTP foi reativado no servidor OpenSSH, todos os scripts de backup foram reescritos no Shell para incluir os backups de complementos também, e o comportamento da swap foi alterado para permitir que o kernel do Linux libere espaço em disco para processos grandes quando não há RAM suficiente disponível.

Além disso, três novos add-ons foram introduzidos também, nomeadamente, dehydrated, frr, e observium-agent.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o IPFire 2.21 Core Update 125

A imagem ISO do IPFire 2.21 Core Update 125 já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo



blog comments powered by Disqus