IPFire 2.23 Core Update 131 lançado – Confira as novidades e baixe

Confira as novidades do lançamento de uma nova atualização de seu firewall Linux profissional, o IPFire 2.23 Core Update 131 e descubra onde baixar a distro!

Michael Tremer anunciou o lançamento de uma nova de seu firewall Linux profissional, o IPFire 2.23 Core Update 131. Confira as novidades e descubra onde baixar a distro.

IPFire é uma distribuição Linux que se concentra na fácil configuração, bom manuseio e alto nível de segurança. Ele é operado por meio de uma interface intuitiva baseada na web, que oferece muitas opções de configuração para administradores de sistemas iniciantes e experientes.

O IPFire é mantido por desenvolvedores que estão preocupados com a segurança e que atualizam o produto regularmente para mantê-lo seguro.

Essa distro vem com um gerenciador de pacotes personalizado chamado Pakfire e o sistema pode ser expandido com vários add-ons.

IPFire 2.23 Core Update 131 lançado - Confira as novidades e baixe
IPFire 2.23 Core Update 131 lançado – Confira as novidades e baixe

Agora, o firewall Linux IPFire foi atualizado para a versão 2.23 Core Update 131, uma versão que introduz um novo IPS (Intrusion Prevention System), várias melhorias e componentes atualizados.

Novidades do IPFire 2.23 Core Update 131

A coisa mais interessante sobre esse lançamento do IPFire é que ele vem com um novo IPS (Intrusion Prevention System) que inspeciona profundamente os pacotes e previne ameaças, tornando suas redes mais seguras.

O IPFire anteriormente usava o Snort como Sistema de Detecção de Intrusão (IDS) padrão, mas agora ele foi substituído pelo Suricata.

No anúncio de lançamento, o desenvolvedor Michael Tremer explica os benefícios da mudança:

“Este novo sistema tem muitas vantagens em relação ao antigo em termos de desempenho, segurança e é simplesmente mais moderno. Gostaríamos de agradecer à equipe da Suricata, que se baseou em seu trabalho e na criação de uma ferramenta tão importante. que agora está trabalhando dentro do IPFire.”

Após a atualização para o IPFire 2.23 Core Update 131, suas configurações do Snort serão migradas automaticamente para o Suricata, o que permitirá apenas o modo de monitoramento.

Você terá que desabilitar o modo de monitoramento do novo Sistema de Prevenção de Intrusões para filtrar pacotes.

Além disso, observe que as configurações do Snort não serão migradas quando você restaurar o IPFire de um backup antigo.

IPFire 2.23 também traz várias outras melhorias, como a capacidade de habilitar o SSH Agent Forwarding no serviço SSH IPFire, a importação mais rápida de concessões DHCP para o sistema DNS, melhor edição de conexão em páginas VPN IPsec, bem como melhorias na regra página de configuração, zona DNS local e pesquisa de sensores de temperatura na AWS.

Ele também vem com um banco de dados regulatório wireless atualizado, uma nova ferramenta para atualização de firmware chamada flashrom, uma cadeia de firewall extra para regras personalizadas para para permitir que usuários controlem o tráfego de saída, bem como suporte para permitir isolamento de cliente em Pontos de acesso Wireless, para restringir os clientes sem fio a se comunicarem entre si por meio do PA.

Sob o capô, essa versão está usando o kernel Linux 4.14.113 suportado a longo prazo com a funcionalidade de depuração desabilitada para um aumento de desempenho, e muitos componentes atualizados incluindo BorgBackup 1.1.9, dnsdist 1.3.3, FreeRADIUS 4.0. 18, GnuTLS 3.6.7.1, Lua 5.3.5, Nettle 3.4.1, Nginx 1.15.9, NTP 4.2.8p13, Postfix 3.4.5, RRDtool 1.7.1, Unbound 1.9.1 e Zabbix 4.2.0.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o IPFire 2.23 Core Update 131

A imagem ISO do IPFire 2.23 Core Update 131 já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo