Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

KDE Plasma 5.18 LTS beta já está disponível para download e testes

A Comunidade KDE anunciou que o KDE Plasma 5.18 LTS beta já está disponível para download e testes. Confira as novidades e veja como instalar para testar.

O KDE Plasma Desktop é um ambiente que oferece uma área de trabalho de aparência bonita que tira total vantagem da tecnologia de computação moderna.

KDE Plasma 5.18 LTS beta já está disponível para download e testes
KDE Plasma 5.18 LTS beta já está disponível para download e testes

Agora, o Projeto KDE anunciou a disponibilidade geral da versão beta do próximo ambiente de desktop KDE Plasma 5.18 LTS.

KDE Plasma 5.18 LTS beta já está disponível para download e testes

O KDE Plasma 5.18 é uma versão importante do popular ambiente de desktop Linux, pois é a terceira série LTS (Long Term Support), chegando três anos e meio após a primeira ramificação LTS e dois anos após a segunda.

Isso significa que o KDE Plasma 5.18 LTS será suportado com atualizações de manutenção nos próximos dois anos.

Segundo o anúncio…

“LTS significa ‘Long Term Support’ (Suporte a Longo Prazo) e isso significa que o 5.18 será atualizado e mantido pelos colaboradores do KDE pelos próximos dois anos (as versões regulares são mantidas por 4 meses). Portanto, se você estiver pensando em atualizar ou migrar sua escola, empresa ou organização da Plasma, esta versão é sua melhor aposta “

Os destaques da versão KDE Plasma 5.18 LTS incluem suporte para aplicativos GTK usando decorações do lado do cliente (CSD) e para inserir as configurações do Plasma para ícones, fontes, cursores etc., um novo modo de edição global para personalizar facilmente o layout da área de trabalho, a capacidade para ativar o recurso Night Color através de atalhos do teclado ou através de um novo widget da Bandeja do sistema.

As notificações do sistema ficaram mais claras e úteis, informando os usuários quando um dispositivo Bluetooth conectado fica sem energia e permitindo que eles arrastem um arquivo baixado para lugares.

As Configurações do sistema receberam configurações opcionais de feedback do usuário, configurações redesenhadas do estilo do aplicativo com uma exibição em grade e pesquisa aprimorada.

O gerenciador de pacotes do Plasma Discover agora permite que os usuários pesquisem complementos na página principal e oferece comentários aninhados para complementos.

   

Os usuários também poderão abrir o Seletor Emoji via atalho de teclado ou pelo iniciador de aplicativos, as estatísticas da GPU da Nvidia agora são exibidas no KSysGuard e o dimensionamento fracionário no X11 deve mostrar menos falhas visuais nos aplicativos.

Confira abaixo as imagens do KDE Plasma 5.18 LTS beta, e depois, veja como instalar:
KDE Plasma 5.18 LTS beta já está disponível para download e testes

KDE Plasma 5.18 LTS beta já está disponível para download e testes

KDE Plasma 5.18 LTS beta já está disponível para download e testes

KDE Plasma 5.18 LTS beta já está disponível para download e testes

KDE Plasma 5.18 LTS beta já está disponível para download e testes

disponível para download e testes

disponível para download e testes

disponível para download e testes

disponível para download e testes

disponível para download e testes

Como instalar ou atualizar o KDE Plasma 5.17 beta

A versão beta do KDE Plasma 5.18 LTS já está disponível para testes públicos em algumas distribuições Linux que oferecem repositórios instáveis ​​para testar as versões atuais de desenvolvimento do ambiente de desktop KDE Plasma, como o KDE neon.

A versão final do KDE Plasma 5.18 LTS estará disponível para todos a partir de 11 de fevereiro de 2020.

Como sempre,a Comunidade KDE alerta que esta é uma versão beta e pode apresentar problemas, mas se você deseja instalá-lo agora, faça o seguinte:

Abra um terminal e execute o seguinte comando:

sudo add-apt-repository ppa:kubuntu-ppa/beta && sudo apt update && sudo apt full-upgrade -y

Depois, reinicie o computador. Se não puder, execute o seguinte comando no terminal:

systemctl reboot

IMPORTANTE: em caso de problemas, o repositório precisará ser removido (com ppa-purge) para reverter as alterações e fazer o downgrade.

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.