Kubuntu ou KDE Neon? Qual a melhor opção para usar? Confira!

Confira um 'pequeno' apanhado das características, semelhanças e diferenças do Kubuntu e KDE Neon!

Se você está na dúvida entre o Kubuntu ou KDE Neon, e não sabe qual a melhor opção para usar, confira um ‘pequeno’ apanhado das características, semelhanças e diferenças dessas duas distros.

Kubuntu e o KDE Neon são duas das distros mais recomendados para quem quer desfrutar da experiência do ambiente KDE Plasma em toda a sua plenitude.

Kubuntu ou KDE Neon? Qual a melhor opção para usar? Confira!
Kubuntu ou KDE Neon? Qual a melhor opção para usar? Confira!

E quando digo os mais recomendados, quero dizer exatamente isso: eles estão no topo, junto com outras, claro.

No entanto, ambos são tão semelhantes entre si que podem gerar dúvidas para quem não os conhece bem. É o mesmo para usar um ou outro? Como eles são semelhantes e como eles são diferentes?

Kubuntu ou KDE Neon? Qual a melhor opção para usar?

Confira abaixo os aspectos, semelhanças e diferenças dessas duas importantes distribuições.

Kubuntu vs KDE Neon: semelhanças

Kubuntu e KDE Neon se assemelham por uma razão fundamental, a sua origem é a mesma: Ubuntu, KDE e Jonathan Riddell, que por muitos anos foi o líder do Kubuntu … até que ele parou.

Então ele criou o Neon, um projeto que um tempo antes tinha sido usado para testar o software no desenvolvimento do KDE.

De qualquer forma, desde o início era óbvio que Neon era uma espécie de continuação do Kubuntu, com uma grande diferença: agora Riddell tinha uma mão livre para fazer o que quisesse, como quisesse.

Considerando suas características básicas, o Kubuntu e o KDE Neon são os mesmos: distribuições baseadas no Ubuntu com o ambiente de desktop KDE Plasma.

Ambos desfrutam das vantagens de sua base, ambos oferecem um KDE Plasma de ‘fábrica’, e como dito antes: ambos são altamente recomendados.

Kubuntu vs KDE Neon: diferenças

Mas também há muitas diferenças entre os dois, começando com as edições e os ciclos de lançamentos.

O Kubuntu tem uma única edição e lança uma nova versão a cada seis meses, incluindo as versões LTS de suporte estendido, que saem a cada dois anos e renovam suas imagens de instalação e componentes básicos (kernel, pilha gráfica) cinco vezes ao longo dos dois anos seguintes ao seu lançamento.

O KDE Neon tem três edições, embora apenas uma seja destinada a usuários de desktop que estejam procurando por um sistema estável: o User Edition.

E essa única versão, está sendo renovada cada vez que uma nova versão do Plasma é lançada e que mantém seu suporte até alguns meses após o lançamento de sua próxima versão principal.

Se você não estiver familiarizado com os ciclos de upgrades ambas as distros, que podem ser confusos, então vamos reduzir o problema da equação a versão “regular” do Kubuntu, que oferece apenas nove meses de suporte e normalmente não é recomendada pelo mesmo motivo (nem o Kubuntu, nem o Ubuntu nem qualquer outro da tribo que não seja o LTS).

De fato, vamos direto ao ponto com dados concretos comparando as versões atuais do Kubuntu LTS e do KDE Neon User Edition, porque se envolver com os detalhes é muito fácil.

Suporte

As duas distribuições baseiam-se no Ubuntu 18.04 LTS, então o seu suporte é a priori o mesmo: a 2023. No entanto, em ambos os casos, o “suporte até 2023” refere-se apenas à base de Ubuntu e manutenção da Canónical para patches de segurança, não o desktop em si.

O Kubuntu 18.04 LTS terá suporte total (base e desktop) por três anos, até 2021.

O KDE Neon não deixa muito claro o tempo de suporte que oferece, mas está implícito que uma vez liberada a próxima versão principal, a antiga permanece no modo de manutenção por vários meses.

Por exemplo: Aqueles que ainda estão usando o KDE Neon 16.04 LTS, verão como eles continuam recebendo atualizações da área de trabalho, mas chegará o momento em que eles deverão parar e atualizar o sistema para a nova versão.

Aqueles que instalaram o KDE Neon 18.04 LTS não precisarão atualizar ou reinstalar até que o KDE Neon 20.04 LTS apareça no meio ou no final de 2020.

Qual é o melhor? Bem, isso depende. Que o desktop pára de receber atualizações também não é um drama, enquanto patches de segurança e atualizações de aplicativos críticos não estão faltando, navegadores Web…

Mas se você não atualizar o seu ambiente de trabalho, o KDE Neon perde o seu significado.

Atualizações de base

Apesar de não deixarmos o Ubuntu LTS, ele recebe ao longo de sua vida até quatro atualizações que incluem novas versões do kernel e da pilha gráfica, conhecida como LTS Enablement Stack.

Sim. Usuários do Kubuntu 18.04 ou 18.04.1 tem a oportunidade de atualizar o LTS Enablement Stack manualmente, enquanto que aqueles que instalarem o Kubuntu 18.04.2 ou superior (ou permitiram LTS Enablement Stack) receberão essas atualizações diretamente.

Os usuários do KDE Neon 18.04 receberão as atualizações da LTS Enablement Stack diretamente.

Qual é o melhor? Bem, isso também depende. Haverão aqueles que preferem manter um kernel mais antigo, mas com suporte para uma maior estabilidade, e que preferem atualizar de tempos em tempos para melhor suporte. Se quando você instalou tudo estava indo bem, não há drama.

Atualizações desktop

É aqui que as diferenças mais importantes começam…

O Kubuntu 18.04 LTS chegou com o KDE Plasma 5.12 LTS, e com essa versão ele permanecerá até o final do ciclo.

A possibilidade de atualizar para novas versões da área de trabalho não é considerada, para algo eles usam uma versão LTS da área de trabalho que receberá manutenção, mas não novas funções.

Neon KDE 18.04 LTS veio com o KDE Plasma 5,13 e bibliotecas atualizam constantemente o ambiente de trabalho (KDE Frameworks), o ambiente de desktop (KDE Plasma) e aplicações (KDE Applications) para sua última versão estável até o final do ciclo.

Qual é o melhor? Continua dependendo do critério: haverá aqueles que têm o prazer de sempre ter o último Plasma e aqueles preferem o que já têm.

Outras diferenças

O Kubuntu e o KDE Neon têm muitas outras diferenças entre si, mas tendem a ser detalhes sem a maior importância. Com uma exceção:

Cada atualização de desktop no Kubuntu, seja manutenção e até mesmo da versão principal (por exemplo, através de backports, os repositórios adicionais do projeto onde pendurar o mais recente, mas não no caso do 18.04) são compilados sempre tendo em conta Todos os softwares dos repositórios do Ubuntu, que garantem compatibilidade e não quebram aplicativos Qt (não KDE).

No KDE Neon, no entanto, o que prevalece é software KDE, por isso, se uma atualização de QT, frameworks KDE ou o que quebra alguma compatibilidade com aplicação Qt (não KDE) dos repositórios do Ubuntu, é o que há. Embora seja importante dizer que isso não acontece com frequência.

Qual é o melhor? Dependerá, mais uma vez, dos requisitos do usuário.

Mas se você perguntar é qual é o melhor … Repito: Kubuntu e o KDE Neon são duas das distribuições mais recomendáveis para desfrutar da experiência do plasma desktop em toda a sua plenitude.

E o que você acha? Escreva nos comentários e deixe sua opinião.

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo