Lançado Wine 1.6 – instale e experimente as novidades

Após 16 meses de desenvolvimento, foi lançada uma nova versão estável do Wine: 1.6. A versão traz aproximadamente 10.000 alterações, incluindo suporte completo para a transparência de janelas, um novo pacote Mono para suporte de aplicativos .NET, bem como um novo driver de Mac. Ficou curioso? veja mais novidades e como instalar ele no Ubuntu.

wine-1.6

Conheça as novidades do Wine 1.6:

  • Suporte a transparência de janelas, incluindo a paleta de cores e transparência alfa blending;
  • Todo processamento de janela agora é feito do lado do cliente usando o mecanismo DIB (exceto para renderização OpenGL). 
  • X11-renderização de fontes do lado do servidor não é mais suportado. Todas as fontes são processadas do lado do cliente usando o FreeType;
  • Há melhorias significativas de desempenho no motor DIB, especialmente para processamento de texto, bitmap stretching, alpha blending, e gradientes;
  • Subpixel anti-aliasing fonte agora é suportado no mecanismo de DIB, usando o sistema de configuração de anti-aliasing de FontConfig;
  • Sub-pixel font anti-aliasing agora é suportada no motor DIB, usando a configuração de anti-aliasing de sistema do FontConfig;
  • Suporte RAW de entrada para teclado e mouse;
  • Agora existe um applet de joystick no painel de controle, para permitir a configuração de joysticks e testar seu comportamento;
  • Suporte para Randr 1.2 e 1.3;
  • Quando for executar uma aplicação DOS, será chamado o DOSBox primeiro. O suporte do Wine ao DOS será usado apenas como um fallback quando o DOSBox não puder ser localizado, e será removido em uma versão futura;
  • Wine agora pode ser configurado para fingir que é o Windows 8 e enganar aplicações dessa plataforma;
  • O runtime Mono é empacotado como um arquivo .MSI, e sua instalação pode ser gerenciada a partir do painel de controle na opção “Add/Remove Programs” (Adicionar / Remover Programas). Ele é instalado automaticamente através do Wine prefix updates
  • O runtime Microsoft .NET 4.0 agora pode ser instalado para os casos onde o Mono ainda não está bom o suficiente;
  • Conexões HTTPS agora usam GnuTLS (ou Secure Transport no Mac OS X). OpenSSL não é mais usado;
  • A implementação 9Ex Direct3D está mais completa;
  • Melhorias para várias partes das implementações D3DX9 e Direct3D 10;
  • Enumeração de dispositivo de áudio foi melhorada, e dispositivos multi-canal são melhor suportados;
  • Foi implementado processamento de vídeo VMR-9 ;
  • No Linux, o gerenciamento de dispositivos dinâmicos suporta o serviço de UDisks2;
  • Compilações do Wine para a plataforma ARM64, agora são suportadas;
  • Suporte preliminar para a compilação do Wine para o Android usando o Android NDK;
  • Foi implementado um driver nativo do Mac OS X, para uma melhor integração com o ambiente desktop do Mac. A gama completa de recursos do driver suportadas, incluem OpenGL, gerenciamento de janelas, área de transferência, drag and drop, bandeja do sistema e etc.

Para ver todas as novidade, consulte esta página traduzida ou veja a original nesse link.

Instalando o Wine no Ubuntu

Essa versão estável do Wine ainda não foi carregada para o PPA oficial Ubuntu, mas você pode usar o PPA para instalar o Wine 1.6 release candidate 5 (versão estável deve estar disponível em breve). Para instalar o Wine no Ubuntu, faça o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal (Usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);

Passo 2. Adicione o repositório do aplicativo com o seguinte comando:

sudo add-apt-repository ppa:ubuntu-wine/ppa

Passo 3. Atualize o Apt digitando o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora instale o programa com o comando:

sudo apt-get install wine1.6

Se você gostou da dica, aproveite e conte sua experiência nos comentários e se quiser ficar por dentro das últimas informações assine nosso feed, ele está na barra lateral direita do site. Com o feed você receberá as novidades sempre que forem publicadas. Assine e também compartilhe nossas postagens clicando nos botôes do Gooogle+, Twitter e Facebook.

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Bloqueador de anúncios detectado!!!

Nosso site precisa de publicidade para existir. Por favor, insira-o na lista de permissões/lista branca para liberar a exibição de anúncios e apoiar nosso site. Nosso conteúdo é GRATUITO, e tudo o que pedimos é isso!
Powered By
Best Wordpress Adblock Detecting Plugin | CHP Adblock