Libra e Calibra – a primeira moeda e carteira digital do Facebook

Confira os detalhes do anúncio de que o Facebook criou Libra e Calibra, sua primeira moeda e carteira digital!

Em uma iniciativa ousada, o anunciou que criou Libra e Calibra, sua primeira moeda e carteira digital. Confira os detalhes dessa novidade.

O Facebook ainda é dono da maior rede social do mundo, de um dos mais populares mensageiros e da maior rede social de imagens do momento. Mas parece que isso ainda é pouco.

A empresa por trás do Facebook, WhatsApp e Instagram resolveu ir mais longe e agora está entrando no mundo das moedas digitais.

Libra e Calibra - a primeira moeda e carteira digital do Facebook
Libra e Calibra – a primeira moeda e carteira digital do Facebook

Libra e Calibra – a primeira moeda e carteira digital do Facebook

O Facebook lançou oficialmente o Libra, uma criptomoeda destinada a comprar bens ou enviar dinheiro tão facilmente quanto uma mensagem.

Ao atacar o campo das criptomoedas, o Facebook está lançando um grande desafio, pois a empresa tem sido objeto de uma séria crise de confiança, após uma série de escândalos envolvendo o gerenciamento de dados pessoais.

A partir do primeiro semestre de 2020, Libra deve oferecer um novo meio de pagamento fora dos canais bancários tradicionais: é a pedra angular de todo um novo ecossistema financeiro sem a barreira das diferentes moedas.

Os líderes do projeto explicaram que os usuários terão uma carteira digital no smartphone para comprar, enviar ou receber dinheiro.

Para este fim, o Facebook decidiu abrir uma nova forma de pagamento que será responsável por fornecer vários serviços financeiros em todo Libra.

O Facebook lembra que, para muitas pessoas no mundo, até mesmo os serviços financeiros básicos ainda estão fora de alcance: quase metade dos adultos no mundo não tem uma conta bancária ativa e esses números são piores nos países em desenvolvimento.

O custo dessa exclusão é alto: cerca de 70% das pequenas empresas nos países em desenvolvimento não têm acesso ao crédito e os migrantes perdem U$$ 25 bilhões em taxas de transferência a cada ano.

“Hoje compartilhamos os planos da Calibra, uma nova carteira do Facebook cujo objetivo é fornecer serviços financeiros que permitam às pessoas acessar a rede Libra e participar de suas atividades.

O primeiro produto que a Calibra apresentará é uma carteira digital para Libra, uma nova moeda global baseada na tecnologia blockchain.

O Calibra estará disponível no Messenger, WhatsApp e como aplicativo independente, e planejamos lançá-lo em 2020.”

Esse é o desafio que a empresa espera encontrar com Calibra, uma nova carteira digital que você pode usar para salvar, enviar e gastar Libra.

“Desde o início, com o Calibra, você pode enviar Libra para quase qualquer pessoa com um smartphone, tão facilmente e instantaneamente quanto você poderia enviar uma mensagem de texto, sem nenhum custo.”

“E com o tempo, esperamos oferecer serviços adicionais a indivíduos e empresas, como pagar contas com o toque de um botão, comprar uma xícara de café com um código de scanner ou usar o transporte público sem ter que carregar dinheiro.”

Privacidade, segurança e proteção

O Facebook garante que o Calibra tenha proteções fortes para proteger o dinheiro e as informações dos usuários.

Todos usaremos os mesmos processos de auditoria e antifraude que bancos e cartões de crédito, e teremos sistemas automatizados que monitorarão proativamente as atividades para detectar e evitar comportamentos fraudulentos.

Eles afirmam que se você perder seu telefone ou senha, também receberá suporte para isso. Se alguém obter acesso fraudulento à sua conta e você perder Libra mais tarde, será reembolsado.

“Também tomaremos medidas para proteger sua privacidade. Exceto em circunstâncias limitadas, o Calibra não compartilhará as informações da conta ou dados financeiros com o Facebook ou terceiros sem o consentimento do cliente.”

Isso significa que as informações da conta e os dados financeiros do Calibra não serão usados ​​para melhorar a segmentação dos anúncios na família de produtos do Facebook.

Mesmo que o Facebook diga palavras encorajadoras sobre seus protocolos de proteção para o usuário, isso deixa muitos a pensar que se for blockchain, onde fica a privacidade e o anonimato do usuário.

Então, no final das contas, para poder cumprir essas promessas, todas as informações, transações e outras devem ser armazenadas em um grande banco de dados para o qual o Facebook e qualquer outra instância ou agência à qual o Facebook permita acesso a esses dados.

O Facebook lembra que ainda está em um estágio inicial do processo de desenvolvimento do Calibra.

Além disso, ao longo do caminho, a rede social consultará uma ampla gama de especialistas para garantir que eles possam fornecer um produto seguro e fácil de usar para todos.

Pelo menos por enquanto, é esperar para ver.

E você o que acha dessa nova iniciativa do Facebook? Deixe sua opinião nos comentários!

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo