Linguagem Rust já está funcionando em 14 arquiteturas Debian

Boa notícia para os fãs programação: a linguagem Rust já está funcionando em 14 arquiteturas Debian!

Essa é uma boa notícia para os fãs programação, segundo John Paul Adrian Glaubitz, a linguagem Rust já está funcionando em 14 arquiteturas Debian diferentes.


Rust é uma linguagem de programação compilada desenvolvida pela Mozilla Research, e que foi projetada para ser “segura, concorrente e prática”, suportando os estilos puramente funcional, procedural, e orientado a objetos.
Linguagem Rust já está funcionando em 14 arquiteturas Debian
Linguagem Rust já está funcionando em 14 arquiteturas Debian

A sintaxe de Rust é semelhante à de e ++, com blocos de código delimitados por chaves e estruturas de controle de fluxo, como if, else, do, while e for.

Rust é uma linguagem de programação de código aberto que suporta programação funcional pura, processual, imperativa e orientada a objetos.

O objetivo do Rust é ser uma boa linguagem para a criação de grandes programas no lado do cliente e do servidor que são executados na Internet.

Isso levou a um conjunto de recursos com ênfase em segurança, controle de distribuição de memória e simultaneidade.

Como instalar a linguagem de programação Rust no Linux

Linguagem Rust já está funcionando em 14 arquiteturas Debian

De acordo com John Paul Adrian Glaubitz, a linguagem Rust já está funcionando em 14 arquiteturas Debian diferentes, incluindo todas as arquiteturas de lançamento – enquanto estão sendo feitos os preparos para o lançamento do Debian 10.0 “Buster” no ano que vem.

Este fim de semana os desenvolvedores Debian estão celebrando o fato da linguagem Rust está funcionando em 14 arquiteturas Debian, agora que vários tipos de MIPS e PowerPC foram eliminados após algumas correções para LLVM e Rust.

Ainda há trabalhos em andamento atualizando o Rust em RISC-V de 64 bits e x32. Os 14 suportados atualmente variam de x86 de 64 bits e a s390x, SPARC64, POWER e outros.

As arquiteturas recém-adicionadas são: mips, mips64el, mipsel e powerpcspe.

Este é o resultado do esforço combinado de muitas pessoas talentosas, em particular trabalhando em LLVM upstream que corrigiu muitos bugs no MIPS e back-end do PowerPC, além de adicionar suporte para o sub-objetivo do PowerPCSPE.

O que está sendo falado no blog

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo



blog comments powered by Disqus