Linux Mint 19 Tara já está disponível para dowload! Baixe agora!

Confira todas novidades do Linux Mint 19 Tara e descubra onde baixar a distribuição antecipadamente.

O Linux Mint 19 já está disponível para dowload! É isso mesmo, o sistema já foi lançado oficialmente, e já pode ser baixado. Confira todas novidades e descubra onde baixar a distro.


O líder do projeto Linux Mint, Clement Lefebvre, anunciou que o trabalho no próximo sistema operacional O Linux Mint 19 “Tara” está terminado e que a equipe se prepara para o lançamento oficial no final desta semana.
Linux Mint 19 Tara já está disponível para dowload! Baixe agora!
Linux Mint 19 Tara já está disponível para dowload! Baixe agora!

No entanto, as imagens ISO finais para todas as três edições do Linux Mint 19 já estão disponíveis para download nos servidores oficiais.

Isso talvez tenha acontecido por causa da liberação da pré venda do MintBox Mini 2 com Linux Mint 19.

MintBox Mini 2 com Linux Mint 19 já está disponível para pré venda

Essas imagens devem ser as mesmas que a versão final, mas o lançamento oficial geralmente leva mais tempo para que todos os espelhos de download sincronizem.

Então, se você quiser ter uma vantagem inicial e instalar o Linux Mint 19 “Tara” em seu computador pessoal, você pode fazer o download das edições Linux Mint 19 Cinnamon, Linux Mint 19 MATE ou Linux Mint 19 Xfce agora, usando o link mais abaixo.

Novidades do Linux Mint 19 Tara

Baseado no sistema operacional Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver) da Canonical, o Linux Mint 19 “Tara” é alimentado pelo kernel do Linux 4.15 e traz os mais recentes ambientes de desktop do Cinnamon 3.8, MATE 1.20 e Xfce 4.12.

E, assim como o Ubuntu 18.04 LTS, este lançamento será suportado por cinco anos até abril de 2023.

O Linux Mint 19 vem com um aplicativo totalmente “novo” para criar backups do sistema chamado Timeshift. Graças ao Timeshift você pode voltar no tempo e restaurar seu computador para o último snapshot funcional do sistema. Se algo quebrar, você pode voltar para o instantâneo anterior e será como se o problema nunca tivesse acontecido.

Essa versão também traz uma nova tela de boas vindas, melhor suporte ao HiDPI, melhor suporte a vários monitores, um novo tema de sistema padrão e conjunto de ícones chamado Mint-Y, suporte para fontes Microsoft, bem como suporte para formatação de pendrives USB como exFAT.

Vários dos aplicativos internos, como o Gerenciador de Software, o Gerenciador de Atualizações e os XApps, receberam muitos novos recursos e aprimoramentos para tornar sua experiência com o Linux Mint mais agradável.

Além disso, o Linux Mint 19 “Tara” vem com o aplicativo Calendário GNOME por padrão para todas as suas necessidades de calendário.

Uma prévia mais completa das novidades dessa versão podem ser lidas nesse artigo:

Linux Mint 19 Beta lançado – Confira as novidades e baixe

Para mais detalhes sobre essa versão, leia a nota de lançamento.

Baixe e experimente o Linux Mint 19 Tara

Se você já está usando uma versão anterior, pode simplesmente aguardar pelas atualizações do sistema para receber a nova versão.

Se quiser “forçar” essa , experimente usar o tutorial abaixo:

Como atualizar do Linux Mint 18 para Linux Mint 19 via mintupgrade

Para quem quer instalar do zero ou usar a mídia de instalação para atualizar, a imagem ISO do Linux Mint 19 Tara já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição ou diretamente nesse endereço.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

[postlist tags=”″ requesttype=”1″



blog comments powered by Disqus