Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

LoadLibrary permitirá carregar DLLs do Windows no Linux

Criado por Tavis Ormandy, o LoadLibrary permitirá carregar DLLs do Windows no Linux. Conheça essa polêmica (e talvez útil) ferramenta!

Bibliotecas de software servem para que os desenvolvedores não fiquem “Reinventando a roda”, um exemplo conhecido desse tipo de software são as famosas DLL do Windows.

LoadLibrary permitirá carregar DLLs do Windows no Linux
LoadLibrary permitirá carregar DLLs do Windows no Linux

Agora, um pesquisador do Google desenvolveu o “LoadLibrary” como um meio de carregar as DLLs (Windows Dynamic Link Libraries) que, por sua vez, podem ser usadas pelo código nativo do Linux.

LoadLibrary permitirá carregar DLLs do Windows no Linux

O LoadLibrary não substitui o Wine ou algo parecido, mas visa permitir que as bibliotecas DLL do Windows sejam carregadas, que podem ser acessadas pelo código nativo do Linux, não tentando executar programas do Windows e similares no Linux, mas simplesmente carregando as bibliotecas.

Este projeto está sendo desenvolvido por Tavis Ormandy, um conhecido funcionário do Google focado na pesquisa de vulnerabilidades.

Ele trabalhou em um carregador PE/COFF personalizado, com base no antigo código do ndiswrapper (quem ainda lembra desse wrapper que foi muito útil no passado), o projeto que permitia que os drivers de rede do Windows funcionassem no Linux.

O LoadLibrary tratará de realocações e importações e oferece uma API inspirada no dlopen.

O LoadLibrary nesse estágio parece estar funcionando bem com bibliotecas independentes do Windows e o Tavis está usando o projeto em parte para difundir as bibliotecas do Windows no Linux.

Tavis observou:

“A difusão distribuída e escalonável no Windows pode ser desafiadora e ineficiente. Isso é especialmente verdadeiro para produtos de segurança de endpoint, que usam componentes interconectados complexos que abrangem o kernel e o espaço do usuário. Isso geralmente exige a rotação de um ambiente Windows virtualizado inteiro para difusão. Isso é menos problemático no Linux, e eu descobri que muitas vezes é possível portar componentes dos produtos Windows Antivirus para Linux, o que me permite executar o código que estou testando em contêineres mínimos com muito pouco sobrecarga e amplie facilmente os testes.”

Mais detalhes sobre o LoadLibrary para carregar DLLs do Windows no Linux via GitHub, onde ele também demonstrou a portabilidade das bibliotecas do Windows Defender para o Linux.

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…
Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.