Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

LXQt 0.14 lançado com visualização dividida no Gerenciador de arquivos

Foi lançado mais uma atualização do ambiente LXQt 0.14, que traz visualização dividida no Gerenciador de arquivos e muito mais. Confira as novidades.


A equipe de desenvolvimento por trás do Lightweight Qt Desktop Environment (LXQt) liberou uma nova atualização de manutenção para o grande marco LXQt 1.0.

LXQt 0.14 lançado com visualização dividida no Gerenciador de arquivos
LXQt 0.14 lançado com visualização dividida no Gerenciador de arquivos

O LXQt 0.14.0 é a versão mais recente do ambiente de desktop leve que continua o legado do projeto LXDE (Lightweight X11 Desktop Environment) baseado em tecnologias recentes do Qt.

Esta versão vem oito meses após a versão LXQt 0.13.0 para adicionar mais uma camada de melhorias e outras otimizações.

Novidades do LXQt 0.14

Os destaques incluem uma nova visualização dividida no gerenciador de arquivos PCManFM-Qt, que é um porte Qt do gerenciador de arquivos PCManFM usado no LXDE, bem como um melhor manuseio da área de trabalho e de dispositivos montados.

Já que citei a área de trabalho, agora ela pode exibir ícones para o computador, lixo, rede e diretório home do usuário.

Naturalmente, o ícone da lixeira é interativo para que você possa esvaziá-lo ou restaurar os itens excluídos acidentalmente.

O LXQt 0.14.0 também adiciona suporte para renderização de dados EXIF ​​de imagens e ImgBB como novo destino de upload para o visualizador de imagens LxImage-Qt, assim como comutação de tabulação baseada em histórico e margens customizadas para o emulador de terminal QTerminal.

Sob o capô, várias dependências foram alteradas com a versão LXQt 0.14.0, que requer o C ISO Standard 14, lxqt-build-tools 0.6..0 e cmake 3.1.0 ou posterior.

A maioria dos pacotes principais recebeu também atualizações de tradução, e todas as traduções foram movidas de volta para seus respectivos repositórios.

O LXQt 0.14.0 está agora disponível para download se você quiser compilar a fonte você mesmo, mas deve estar disponível para os repositórios de software estáveis ​​de suas distribuições Linux favoritas também. Então, quando isso acontecer, certifique-se de atualizar o mais rápido possível.

Enquanto isso, a equipe de desenvolvimento está trabalhando duro no lançamento do LXQt 1.0.0, que pode chegar no final deste ano com novos recursos e melhorias.

O que está sendo falado no blog

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.