Atualização do microcódigo da Intel para Spectre está de volta ao Ubuntu

Confira os detalhes de que a atualização do microcódigo da Intel para Spectre está de volta ao Ubuntu!

Depois de ter sido retirado dos repositórios do Ubuntu no final de janeiro, a pedido da fabricante, por causa dos graves problemas de hardware relatados por vários usuários, a do microcódigo da Intel para Spectre está de volta para mitigar essa vulnerabilidade de segurança. Confira detalhes dessa novidade.


Em 22 de janeiro de 2018, a Canonical substituiu o firmware de microcódigo da Intel 20180108 pelo 20170707, a pedido da Intel, deixando de proteger os computadores dos usuários contra a vulnerabilidade de segurança do Spectre, que poderia permitir que um invasor local expusesse informações confidenciais da memória do kernel.
Atualização do microcódigo da Intel para Spectre está de volta ao Ubuntu
Atualização do microcódigo da Intel para Spectre está de volta ao Ubuntu

Enquanto os usuários ficaram pendurados por mês, em 22 de fevereiro de 2018, a Canonical lançou novas atualizações de kernel para todas as suas versões suportadas do Ubuntu Linux, para fornecer mitigação do kernel Retpoline baseada em compilador para Spectre Variant 2 nas arquiteturas de hardware amd64 e i386.

Atualização do microcódigo da Intel para Spectre está de volta ao Ubuntu

Finalmente, Em 29 de março de 2018, o firmware de microcódigo da Intel contendo mitigações para a vulnerabilidade de segurança Spectre nos processadores da Intel voltou a ficar disponível nos repositórios de software do Ubuntu.

De acordo com o aviso de segurança dessa atualização (CVE-2017-5715), o update inclui as atualizações certas de microcódigo que são necessárias para as atualizações correspondentes do kernel do Ubuntu Linux.

A nova versão 20180312 do firmware de microcódigo da Intel pode ser instalada no Ubuntu 17.10 (Artful Aardvark), no Ubuntu 16.04 LTS (Xenial Xerus) e no Ubuntu 14.04 LTS (Trusty Tahr), bem como em todos os seus derivados, incluindo o Kubuntu. , Ubuntu, Lubuntu, Ubuntu MATE, Ubuntu Budgie e Ubuntu Kylin.

Ambas as instalações de 64 bits e 32 bits do Ubuntu são suportadas.

A Canonical recomenda que os usuários atualizem para o novo microcódigo da Intel o mais rápido possível e reiniciem seus computadores para garantir a instalação correta de todas as alterações necessárias e manter seus sistemas protegidos contra ataques de Spectre.

Conheça melhor o aviso de segurança CVE-2017-5715

Para saber mais sobre esse aviso, clique nesse link.

O que está sendo falado no blog nos últimos dias





blog comments powered by Disqus