Microsoft lançará um kernel Linux completo para o Windows 10

Confira os detalhes do anuncio de que a Microsoft lançará um kernel Linux completo para o Windows 10!

A Microsoft anuncio que lançará um kernel Linux para o Windows 10, para melhorar o desempenho do WSL, sua camada de suporte ao Linux. Confira os detalhes do anuncio e entenda.

O WSL, ou Windows Subsystem for Linux (Subsistema Windows para Linux) é o nome dado a um módulo do sistema operacional Windows 10 que permite executar uma distribuição Linux dentro do Windows.

Microsoft lançará um kernel Linux completo para o Windows 10
Microsoft lançará um kernel Linux completo para o Windows 10

A ideia por trás desse software é disponibilizar aos usuários um ambiente Linux compatível no sistema da Microsoft, para que estes possam executar programas nativos dos sistemas GNU/Linux dentro do próprio Windows, sem a necessidade de usar emuladores ou máquinas virtuais.

Microsoft lançará um kernel Linux completo para o Windows 10

Durante a Build, sua conferência voltada para desenvolvedores, a Microsoft anunciou que está trabalhando em um kernel Linux personalizado que seria integrado ao Windows 10 como parte do Windows Subsystem for Linux 2, ou WSL 2.

De acordo cm o site Softpedia, a gigante do software, baseada em Redmond, diz que sua decisão de lançar um kernel Linux real com o Windows é resultado de todos os esforços para melhorar o desempenho do WSL e possibilitar a compatibilidade total com as chamadas do sistema.

Sobre isso, a Microsoft explicou que:

“Esta não é a primeira vez que a Microsoft envia um kernel Linux, já que já lançamos um em 2018 quando anunciamos o Azure Sphere. No entanto, esta será a primeira vez que um kernel Linux é lançado com o Windows, o que é um verdadeiro testemunho do quanto a Microsoft adora o Linux!.”

A equipe do WSL usará a ramificação estável mais recente para criar o kernel personalizado, e a compilação original será baseada na versão 4.19.

O kernel será atendido por meio de atualizações do Windows, o que torna todo o processo automático, pois os desenvolvedores não precisam fazer nenhum trabalho de gerenciamento.

O kernel será open source e publicado no GitHub, e a Microsoft diz que funcionará com os desenvolvedores, que podem trazer suas próprias contribuições para novas melhorias.


Quanto à segurança, a Microsoft diz que está prestando atenção especial a essa área também:

“O kernel manter-se-á atualizado com os mais novos recursos e correções no ramo estável mais recente do Linux. Para garantir a proveniência de nossas fontes, espelhamos repositórios localmente. Monitoramos continuamente as listas de correio de segurança do Linux e fazemos parcerias com várias empresas de banco de dados CVE para ajudar a garantir que nosso kernel tenha as correções e atenuações mais recentes.”

O novo kernel será integrado ao Windows Subsystem for Linux 2, que será lançado no mês que vem como parte do programa Insider.

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo