Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Firefox 97 lançado com um novo conjunto de temas Colorway

A Mozilla lançou o Firefox 97 com um novo conjunto de temas Colorway, e mais. Confira as novidades e veja como instalar no Linux.

O Mozilla Firefox é o navegador padrão do Ubuntu e de outros sistemas Linux, e geralmente, a última versão do Firefox fica disponível como uma atualização de segurança em todas as versões suportadas das principais distribuições Linux, pouco depois de algumas horas do anúncio da Mozilla, para alegria de seus usuários.

Agora, a Mozilla lançou o Firefox 97 como a versão estável mais recente de seu navegador web.

Novidades do Firefox 97

Mozilla Firefox 97 lançado com um novo conjunto de temas Colorway
Mozilla Firefox 97 lançado com um novo conjunto de temas Colorway

O Firefox 97 vem como uma atualização incremental para versões anteriores e adiciona um novo conjunto de temas Colorway para personalizar ainda mais a aparência do navegador da web.

Existem seis temas Colorway disponíveis (por tempo limitado) para você experimentar na seção Temas na página about:addons ou através da opção Personalizar no menu de contexto do botão direito do mouse > Gerenciar temas.

Para usuários do Linux, o Firefox 97 remove o suporte de impressão PostScript.

Para usuários do Windows, ele adiciona suporte e exibe o novo estilo de barras de rolagem nos sistemas Windows 11.

Para usuários do macOS, o Firefox 97 melhora a rasterização da fonte do sistema no macOS 11 e posterior para não desacelerar mais o carregamento da página, a abertura de guias e a alternância de guias.

Para desenvolvedores web, o Firefox 97 adiciona suporte para as unidades cap e ic CSS a serem usadas com os tipos de dados e , suporte para @scroll-timeline at-rule, suporte para animation-timeline e scrollbar- propriedades da calha, suporte para camadas CSS em cascata por padrão, bem como suporte para usar o atributo SVG d como uma propriedade em CSS.

Novos recursos experimentais no Firefox 97 incluem suporte para usar a propriedade hyphenate-character por meio da preferência layout.css.hyphenate-character.enabled para definir uma string que é usada em vez de um caractere de hífen (-) no final de uma quebra de linha de hifenização, bem como para especificar que o caractere é selecionado para ser apropriado para as convenções de idioma do conteúdo afetado e uma preferência dom.screenorientation.allow-lock para permitir que um dispositivo seja bloqueado para uma orientação de tela específica.

Firefox Focus para Android 97 também foi lançado hoje e vem com o modo somente HTTPS habilitado por padrão para forçar todas as conexões com sites a usar HTTPS (Secure HTTP), bem como uma nova opção para nomear novos atalhos que você adiciona à sua página inicial .

Para saber mais sobre essa versão do Firefox, acesse a nota de lançamento.

Com instalar o Firefox

Se você instalou o Firefox a partir dos repositórios de software de sua distribuição Linux, terá que esperar um pouco mais para que a nova versão apareça lá, dependendo da rapidez com que os mantenedores de sua distro compilarão o navegador a partir das fontes, provavelmente no final desta semana.

Como de costume, você pode fazer o download da versão mais recente do Firefox no site oficial, mas, como sempre, recomendo que você atualize suas instalações dos repositórios de software estáveis ​​da sua distribuição favorita do Linux quando os pacotes do Firefox aparecerem.

Para instalar a versão estável do Firefox Flatpak, use esse tutorial:
Quer experimentar a versão Flatpak do Firefox? Veja como!

Já os usuários do Linux de distros que não suportam flatpak terão que esperar essa versão do Firefox chegar aos repositórios de software estáveis ​​de suas distribuições favoritas do Linux.

A nova versão estará no repositório oficial do Ubuntu e outras distros em breve. Até lá, quem quiser se adiantar (ou não), deve usar uma das opções abaixo.

Para instalar a versão mais recente do Firefox em qualquer distribuição Linux, use esse tutorial:
Firefox no Linux: veja como instalar manualmente

Você também pode instalar o programa usando esse outro tutorial:
Como instalar o navegador Firefox no Linux via Snap

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.