Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

MS suspende SQL Server em contêineres Windows e recomenda o Linux

Em uma mudança drástica a MS suspende SQL Server em contêineres Windows e recomenda o Linux. Confira os detalhes dessa polêmica reviravolta.

A chegada de Satya Nadella ao cargo de CEO da Microsoft foi o início de uma revolução para a empresa.

A gigante de Redmond, que no passado se proclamou inimigo público do software livre e disse que o Linux era um câncer, mostrou uma posição muito mais amigável ao código aberto por anos, às vezes até sacrificando suas próprias plataformas.

A mudança de postura da Microsoft em relação ao open source e ao Linux não foi apenas um fato para a galeria, mas também se transformou em movimentos concretos como o lançamento do código do servidor do framework .NET, a chegada do SQL Server ao Linux, a adesão da corporação à The Linux Foundation e ao Visual Studio Code, o popular editor de código que possui uma alta porcentagem de software livre.

Apesar de o Windows ser o sistema operacional que vem esmagando o mercado de desktops há décadas, as coisas mudam quando entramos no setor de servidores.

É aqui que o Linux recentemente marcou um pouco contra o Windows, porque a Microsoft anunciou que está suspendendo o programa beta para SQL Server em contêineres do Windows e recomendou o uso de contêineres Linux.

MS suspende SQL Server em contêineres Windows e recomenda o Linux

MS suspende SQL Server em contêineres Windows e recomenda o Linux
MS suspende SQL Server em contêineres Windows e recomenda o Linux

Em uma curta mensagem postada nos fóruns da Microsoft, Amit Khandelwal, gerente de programa sênior, explicou que:

“Devido aos desafios existentes no ecossistema e nos padrões de uso, decidimos descontinuar o programa beta do SQL Server em contêineres Windows. Se as circunstâncias mudarem, revisaremos a decisão no momento apropriado e faremos um anúncio relevante.”

“Os contêineres do SQL Server no Linux continuam sendo compatíveis com o ambiente de produção. Este anúncio afeta apenas o SQL Server no contêiner do Windows que estava em beta até agora.”

É importante observar que o programa SQL Server em Windows Containers foi lançado em 2017 e nunca saiu da versão beta, portanto, nunca foi planejado para produção de qualquer maneira.

Por outro lado, o fato de a Microsoft ter dito “padrões de uso” pode indicar que o programa não tinha usuários suficientes para mantê-lo ativo, e vendo que o contêiner do Linux parece estar mais maduro, possivelmente muitos desenvolvedores não tiveram motivo para recorrer ao recipiente do Windows.

A decisão da Microsoft também afetou o fato de que os repositórios Docker do SQL Server Express e do Developer for Windows Containers serão removidos do DockerHub junto com as imagens do contêiner.

A empresa já disse que deixa a porta para reverter sua decisão, mas nada indica que isso acontecerá em um futuro próximo.

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.