Lançada a primeira versão do Nautilus sem suporte a ícones no desktop

Confira os detalhes da primeira versão do Nautilus sem suporte a ícones no desktop e outras novidades!

Foi lançada a primeira versão do Nautilus sem suporte a ícones no . Confira os detalhes dessa mudança e a outras novidades.


O Nautilus 3.27.4 já está disponível para testes públicos e é o primeiro desse popular gerenciador de arquivos a abandonar o suporte para manipulação de ícones no desktop, uma decisão já bastante discutida, e que terá um impacto em várias distros como o Ubuntu.
Lançada a primeira versão do Nautilus sem suporte a ícones no desktop
Lançada a primeira versão do Nautilus sem suporte a ícones no desktop

Isso significa que o Nautilus efetivamente encerrou o uso de ícones na área de trabalho. Mas o suporte a ícones de dekstop não está morto no GNOME, pelo menos ainda não, já que o Projeto GNOME promete re-implementar o recurso na interface do GNOME Shell.

Nautilus sem suporte a ícones no desktop e muito mais

Além de remover o manuseio de ícones na área de trabalho, o Nautilus 3.27.4 apresenta algumas melhorias interessantes, entre as quais podemos mencionar um melhor suporte à tecnologia de toque (touch), um melhor suporte para o aplicativo Flatpak, permitindo que os usuários também acessem dispositivos, melhor posição padrão da janela e maior confiabilidade de arquivos estrelados.

Alguns novos recursos também foram adicionados nesta versão, como tipos de Microsoft Office para pesquisa, um novo botão de fechamento para a barra de endereço, DjVu como tipo de PDF suportado, XF86Back e XF86Forward como atalhos de teclado, além da capacidade de navegar novas visualizações com seu teclado e suporte para proibir mais caracteres para sistemas de arquivos FAT, ao renomear arquivos.

O Nautilus 3.27.4 também aborda alguns erros, incluindo um bloqueio que acontecia ao separar as abas e outro incidente que ocorria ao expandir as pastas e torna a pasta do papel de parede traduzível.

No momento, se você quiser testar este lançamento do Nautilus, você terá de baixar o código fonte do software através do site do projeto e compilá-lo em sua distribuição Linux favorita. Quem não conseguir ou quiser tentar, deve aguardar a disponibilidade do programa nas atualizações de sistema.

Conheça melhor o Nautilus

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

O que está sendo falado no blog nos últimos dias


Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo