Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

OBS Studio 27.1.1 lançado como uma versão de correção para a versão 27.1

Foi lançado o OBS Studio 27.1.1 como uma versão de correção para a versão 27.1. Confira as novidades e veja como instalar no Linux.

Open Broadcaster é um software de código aberto e multiplataforma (disponível para Linux, Microsoft Windows e Apple OS X), que permite gravar as atividades da área de trabalho e compartilhá-los ao vivo na web.

Existem muitos programas para capturar e gravar o que acontece na tela do computador para Linux. Até algumas ferramentas para criar GIFs ou mostrar o que acontece no terminal. Mas se houver um programa completo com opções avançadas para profissionais, o OBS Studio.

OBS Studio é um programa completo de gravação e streaming de vídeo. Ele é ideal tanto para gravar tudo que acontece na tela de cursos, tutoriais, fazer upload para plataformas como o YouTube, ou também transmitir o que você faz ao vivo.

O software OBS Studio é de código aberto e gratuito. Um programa completo de streaming de software e captura de vídeo disponível para várias plataformas. É o usado por alguns youtubers, professores ou aqueles que fazem transmissões ao vivo no Twitch.

Um software profissional muito completo e totalmente gratuito, com uma versão compatível com Linux como você já sabe.

Esse incrível programa pode ser usado para fazer tutoriais em vídeo e compartilhá-los no YouTube Live, Twitch TV, DailyMotion e etc. Com ele você pode capturar o desktop inteiro ou apenas uma janela, importar vídeo de uma placa de captura e adicionar imagens ou texto.

Agora, os desenvolvedores do OBS Studio lançaram a versão 27.1.1, uma versão que traz vários novos recursos, melhorias e muitas correções de bugs.

Novidades do OBS Studio 27.1.1

OBS Studio 27.1.1 lançado como uma versão de correção para a versão 27.1
OBS Studio 27.1.1 lançado como uma versão de correção para a versão 27.1

OBS Studio 27.1.1 é uma versão de correção para a versão 27.1.

A versão 27.1 introduziu a integração com o YouTube, para que os usuários possam se conectar à conta do YouTube sem usar uma chave de transmissão.

E apresenta um novo botão “Gerenciar transmissão” para criar e gerenciar streams do YouTube, um dock de bate-papo para transmissões públicas e não listadas, definir configurações por stream e suporte para teste de largura de banda no assistente de configuração automática.

Outros recursos incluem uma opção de visualização múltipla de 18 cenas, uma opção “Apenas máscara” para o fosco de trilha do stinger, uma opção para desenhar áreas seguras na visualização e um recurso para origens do navegador para permitir controle limitado sobre o OBS.

OBS Studio 27.1 também apresenta ajustes de interface de usuário e melhorias de desempenho, como otimizar a fonte de mídia para reduzir o uso da CPU, reativar arrastar e soltar para cenas e fontes no Linux e muito mais.

Para saber mais sobre essa versão do OBS Studio, acesse a nota de lançamento.

Como instalar

Para instalar a versão mais recente do OBS Studio nas principais distribuições Linux, use esse tutorial:
Como instalar o Open Broadcaster no Linux via Flatpak
Como instalar o Open Broadcaster no Linux via Snap
Como instalar o Open Broadcaster no Ubuntu e derivados

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.