openSUSE Leap 15.2 lançado com base no SUSE Linux Enterprise 15 SP2

Confira as novidades do lançamento do openSUSE Leap 15.2 e descubra onde baixar a distro!

O Projeto openSUSE lançou o openSUSE Leap 15.2, baseado no SUSE Linux Enterprise 15 SP2. Confira as novidadese descubra onde baixar a distro.

O projeto openSUSE é um programa comunitário patrocinado pelo SUSE Linux e outras empresas. Promovendo o uso do Linux em qualquer lugar, este programa fornece acesso fácil e gratuito ao openSUSE, uma distribuição completa do Linux.

O projeto openSUSE possui três objetivos principais:

  • Tornar o openSUSE o Linux mais fácil de obter e a distribuição Linux mais amplamente usada;
  • Alavancar a colaboração de código aberto para tornar o openSUSE o ambiente de desktop e distribuição Linux mais utilizável do mundo para usuários novos e experientes do Linux;
  • Simplificar drasticamente e abra os processos de desenvolvimento e empacotamento para tornar o openSUSE a plataforma preferida pelos desenvolvedores e fornecedores de software Linux.

Agora, o projeto lançou oficialmente sua mais nova atualização, o openSUSE Leap 15.2.

Novidades do openSUSE Leap 15.2

openSUSE Leap 15.2 lançado com base no SUSE Linux Enterprise 15 SP2
openSUSE Leap 15.2 lançado com base no SUSE Linux Enterprise 15 SP2

Chegando mais de um ano depois do lançamento do openSUSE Leap 15.1, o openSUSE Leap 15.2 vem para oferecer não apenas atualizações de software e correções de segurança, mas também novos aplicativos e tecnologias.

Além disso, existem várias novas tecnologias de contêiner presentes nesta versão, como Kubernetes, CRI e Cilium, que garantem o envio e a implantação eficientes de aplicativos em contêiner.

O openSUSE Leap 15.2 é fornecido com um kernel Linux em tempo real que gerencia o tempo dos microprocessadores para garantir a máxima eficiência dos eventos críticos.

Publicidade

Essa versão traz novas e emocionantes tecnologias de Inteligência Artificial (IA), Machine Learning (ML) e Deep Learning (DL).

Entre elas, destacam-se o Tensorflow, uma estrutura de aprendizado profundo usada por cientistas de dados para cálculos numéricos e gráficos de fluxo de dados, PyTorch, uma biblioteca de aprendizado de máquina, ONNX, um programa que fornece interoperabilidade no espaço de ferramentas de IA, bem como Grafana e Prometheus ferramentas para criar análises visuais interativas.

openSUSE Leap 15.2 inclui melhorias na ferramenta de configuração do YaST para oferecer suporte à nova estrutura que divide a configuração do sistema entre os diretórios /usr/etc e /etc, um instalador muito aprimorado que agora oferece melhor gerenciamento de dispositivos de armazenamento para dispositivos Raspberry Pi, como bem como instalações autônomas aprimoradas com o AutoYaST.

Por fim, o openSUSE Leap 15.2 é fornecido com o kernel Linux 5.3.18, GNU Compiler Collection (GCC) 9, systemd 234, PHP 7.4.6, Qt 5.12 LTS, CUPS 2.2.7, Mozilla Thunderbird 68.5.0, KDE Applications 20.04.2, KDE Frameworks 5.68.0, Mozilla Firefox 68.5.0 ESR, GNU Health 3.6.4 (com recursos de rastreamento pandêmico COVID-19), OnionShare 2.2, VLC 3.0.7, Syncthing 1.3.4, Sway 1.4, bem como o Ambientes de trabalho Xfce 4.14, GNOME 3.34, e KDE Plasma 5.18 LTS.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o openSUSE Leap 15.2

Os usuários existentes do openSUSE Leap 15.1 poderão atualizar para a nova versão nos próximos seis meses. O openSUSE Leap 15.2 será suportado pelos próximos 18 meses.

Para quem quiser fazer uma nova instalação, a imagem ISO do openSUSE Leap 15.2 já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…