Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

OpenZFS 2.1 lançado com suporte para o kernel 5.13 e InfluxDB, e mais

E foi lançado o OpenZFS 2.1 com suporte para o kernel 5.13 e InfluxDB, e muito mais. Confira as novidades dessa importante atualização.

OpenZFS é uma plataforma de armazenamento de código aberto que inclui a funcionalidade dos sistemas de arquivos tradicionais e do gerenciador de volume.

Essa software possui muitos recursos avançados, incluindo:

  • Proteção contra corrupção de dados. Verificação de integridade para dados e metadados.
  • Verificação de integridade contínua e reparo automático de “autocura”
  • Redundância de dados com espelhamento, RAID-Z1/2/3 [e DRAID]
  • Suporte para alta capacidade de armazenamento – até 256 trilhões de yobibytes (2 ^ 128 bytes)
  • Economia de espaço com compressão transparente usando LZ4, GZIP ou ZSTD
  • Criptografia nativa acelerada por hardware
  • Armazenamento eficiente com instantâneos e clones copy-on-write
  • Replicação local ou remota eficiente – enviar apenas blocos alterados com envio e recebimento do ZFS

Enfim, o OpenZFS é uma plataforma de armazenamento que engloba a funcionalidade de sistemas de arquivos tradicionais e gerenciadores de volume, proporcionando confiabilidade corporativa, funcionalidade moderna e desempenho consistente em um pacote fácil de administrar em várias plataformas de sistema operacional.

Agora, o OpenZFS, foi atualizado hoje para a versão 2.1, um lançamento importante que adiciona novos recursos e melhorias empolgantes.

Novidades do OpenZFS 2.1

OpenZFS 2.1 lançado com suporte para o kernel 5.13 e InfluxDB, e mais
OpenZFS 2.1 lançado com suporte para o kernel 5.13 e InfluxDB, e mais

A maior mudança do lançamento do OpenZFS 2.1 é o suporte para a série de kernel 5.13 lançada recentemente.

Obviamente, isso significa que você pode usar o sistema de arquivos ZFS em uma distribuição GNU / Linux com kernel Linux 5.13. No momento, o OpenZFS é compatível com os kernels Linux 3.10 a 5.13.

Outros novos recursos importantes do OpenZFS 2.1 incluem suporte a dRAID (RAID sobressalente distribuído) para criar pools usando uma nova variante distribuída de RAIDZ, suporte para o banco de dados de série temporal InfluxDB para coletar estatísticas de pool e uma nova propriedade de compatibilidade que permite aos administradores de sistemas especificar um conjunto de recursos a serem ativados no pool.

“Esse controle refinado facilita a criação de pools portáteis e a manutenção da compatibilidade de pools entre as versões do OpenZFS e entre plataformas”, explicaram os desenvolvedores.

Entre outras mudanças notáveis, esta versão adiciona suporte para conexão automática de CPU e memória, atualiza a opção vdev_id para suportar JBODs encadeados em série no modo multipath e atualiza a opção arcstat com novas estatísticas L2ARC e dois novos argumentos de linha de comando, a saber -a (tudo) e -p (analisável).

Além disso, a opção acltype=posixacl foi renomeada para acltype=posix e agora há um alias para compatibilidade com versões anteriores.

Para completar, o OpenZFS 2.1 agora apresenta validação ABI automatizada para interfaces de bibliotecas públicas e páginas de manual mais modernas.

Nos bastidores, há muitas mudanças para melhorar o desempenho de E/S interativa, gerenciamento de memória, tempo de carregamento de módulo e escalabilidade, bem como para reduzir a fragmentação de blocos ZIL e tempo de importação de pool e para otimizar a pré-busca para paralelo cargas de trabalho.

No OpenZFS 2.1 também foram feitas algumas mudanças nos comandos zpool e zfs, então verifique o changelog completo na página GitHub do projeto para mais detalhes.

Para saber mais sobre essa versão do OpenZFS, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar o OpenZFS

Para instalar a versão mais recente do OpenZFS nas principais distribuições Linux, o OpenZFS 2.1 está disponível para download no GitHub.

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.