Oracle Linux 8.2 lançado com o Unbreakable Enterprise Kernel por padrão

A Oracle anunciou o lançamento da nova versão de sua distribuição Linux, o Oracle Linux 8.2. Confira as novidades e descubra onde baixar.

O Oracle Linux é uma distribuição Linux de classe empresarial suportada pela Oracle e criada a partir de pacotes de origem para o Red Hat Enterprise Linux (RHEL).

Alguns dos recursos especiais do Oracle Linux incluem um kernel Linux de construção personalizada e rigorosamente testado chamado “Oracle Unbreakable Kernel”, forte integração com os produtos de hardware e software da Oracle, incluindo a maioria dos aplicativos de banco de dados, e “zero downtime patching” – um recurso que permite administradores para atualizar o kernel sem uma reinicialização.

De acordo com a produtora do sistema, o Oracle Linux traz as últimas inovações do Linux para o mercado, oferecendo desempenho extremo, escalabilidade avançada e confiabilidade para aplicativos e sistemas corporativos, além de suporte de classe empresarial mundial.

Agora, o Oracle Linux foi atualizada para a versão 8.2.

Novidades do Oracle Linux 8.2

Oracle Linux 8.2 lançado com o Unbreakable Enterprise Kernel por padrão
Oracle Linux 8.2 lançado com o Unbreakable Enterprise Kernel por padrão

A partir do Oracle Linux 8 Update 2, o Unbreakable Enterprise Kernel Release 6 (UEK R6) está incluído na imagem da instalação junto com o Red Hat Compatible Kernel (RHCK).

Ou seja, esta versão é a primeira da série 8.x que instala o Unbreakable Enterprise Kernel (UEK) da Oracle por padrão:

Para novas instalações, o UEK R6 é ativado e instalado como o kernel padrão na primeira inicialização.

O UEK R6 é um kernel do sistema operacional altamente testado e otimizado para Oracle Linux 7 Update 7 e posterior, e Oracle Linux 8 Update 1 e posterior.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o Oracle Linux 8.2

As imagens ISO de instalação do Oracle Linux 8.2 podem ser baixadas a partir do Oracle Software Delivery Cloud.

Pacotes RPM individuais estão disponíveis no Unbreakable Linux Network (ULN) e no servidor yum do Oracle Linux.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:
Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

Post Views: 187

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.