Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Parece que o Ubuntu 21.10 será baseado no Kernel 5.13

Mesmo não sendo uma série LTS (Long-Term Support), parece que o Ubuntu 21.10 será baseado no Kernel 5.13 e, atualmente, já é usado pelo sistema.

O sistema operacional Ubuntu 21.10, que será lançado em breve, está usando a série 5.13 do kernel Linux, que parece ser o kernel final e padrão para o lançamento do Impish Indri.

Com os próximos estágios de desenvolvimento do Kernel Feature Freeze (16 de setembro) e Kernel Freeze (30 de setembro), parece que o Ubuntu 21.10 (Impish Indri) está aderindo ao kernel Linux 5.13, que recentemente foi parar nos arquivos principais da distribuição como o padrão kernel em vez do kernel Linux 5.11 usado até agora a partir do lançamento do Ubuntu 21.04 (Hirsute Hippo).

Parece que o Ubuntu 21.10 será baseado no Kernel 5.13

Parece que o Ubuntu 21.10 será baseado no Kernel 5.13
Parece que o Ubuntu 21.10 será baseado no Kernel 5.13

É isso mesmo. Parece que o Ubuntu 21.10 será baseado no Kernel 5.13.

O kernel Linux 5.13 foi lançado no final de junho de 2021 e apresenta suporte inicial para o processador M1 da Apple, suporte para o módulo de segurança Landlock para criar caixas de proteção de segurança seguras para mitigar o impacto de segurança de várias falhas em aplicativos de espaço do usuário, bem como a capacidade de lidar com chaves confiáveis ​​ASN.1.

Ele também vem com alguns recursos interessantes para usuários AMD, como suporte inicial para a série de GPUs AMD Radeon “Aldebaran”, suporte inicial FreeSync HDMI para GPUs AMD e suporte de driver para GPUs AMD NAVI.

Além disso, o kernel Linux 5.13 oferece suporte para Magic Mouse 2 da Apple e controlador de jogo Luna da Amazon.

É um ótimo lançamento do kernel e é bom vê-lo no próximo lançamento do Ubuntu 21.10 por padrão.

No entanto, como o Linux 5.13 não é uma série LTS (Long-Term Support), provavelmente chegará ao fim da vida antes (ou logo depois) de Impish Indri chegar às ruas em 14 de outubro de 2021.

Contudo, isso não deve incomodar muito os usuários, considerando o fato de que o Ubuntu 21.10 também não é um lançamento LTS, o que significa que terá suporte por apenas nove meses.

Afinal, a equipe do kernel do Ubuntu está sempre rastreando os lançamentos mais recentes do kernel do Linux, então você poderá instalar um mais recente a qualquer momento.

Na próxima semana, em 23 de setembro, poderemos baixar e testar a versão beta do Ubuntu 21.10 (Impish Indri), que provavelmente virá com o ambiente de desktop GNOME 41 por padrão, bem como GCC 11, LLVM 13 e PHP 8.0, também como padrão.

Por fim, aproveito para perguntar: Você vai atualizar para o Ubuntu 21.10? Independente da resposta, deixe sua escolha nos comentários!

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.