Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Phoronix Test Suite 10.2.2 lançado com correções e pequenas melhorias

Michael Larabel anunciou a disponibilidade da nova versão de sua ferramenta de benchmarking, o Phoronix Test Suite 10.2.2. Confira as novidades e veja como instalar.

O Phoronix Test Suite é um incrível software de benchmark gratuito e de código aberto para Linux, BSD, MacOS e Windows desenvolvido pela Phoronix Media com cooperação de vários fornecedores de hardware e software.

Com o Phoronix Test Suite, você pode testar – literalmente, por isso repetimos – o desempenho do processador, placa gráfica, rede e armazenamento, bem como comparar resultados entre diferentes sistemas e configurações, tanto seus quanto os compartilhados no OpenBenchmarking.org, o portal da comunidade em que os usuários enviam os resultados de suas pesquisas.

Phoronix suporta mais de 220 perfis de teste e mais de 60 suítes de teste. Ele usa uma arquitetura de teste baseada em XML.

Agora, o Phoronix Test Suite 10.2.2 está disponível como o mais recente lançamento de recursos trimestrais para esse software de benchmarking de código aberto totalmente automatizado para sistemas Linux, BSD, macOS e Windows.

Novidades do Phoronix Test Suite 10.2.2

Phoronix Test Suite 10.2.2 lançado com correções e pequenas melhorias
Phoronix Test Suite 10.2.2 lançado com correções e pequenas melhorias

Com base no lançamento de recursos trimestrais do Phoronix Test Suite 10.2 do mês passado, o Phoronix Test Suite 10.2.2 fornece algumas correções e pequenas melhorias antes de mudar o foco para o Phoronix Test Suite 10.4 que será lançado no segundo trimestre.

Os principais destaques do Phoronix Test Suite 10.2.2 incluem:

  • O subcomando phoronix-test-suite enable-repo é adicionado para habilitar mais facilmente repositórios de terceiros do OpenBenchmarking.org para diferentes perfis de teste não oficiais criados por usuários e suítes de teste. O subcomando enable-repo torna mais fácil ativar essa funcionalidade em comparação com o caminho de ativação manual anterior.
  • Alguns ajustes do visualizador de resultados junto com a capacidade de renomear execuções de teste dentro do arquivo de resultado, em vez de ter que usar o subcomando phoronix-test-suite renomear identificador de resultado em arquivo de resultado.
  • Correções contínuas em torno das mudanças do PHP 8.0.
  • Várias atualizações de dependências externas para buscar pacotes possivelmente necessários em diferentes distribuições Linux e BSDs.
  • Phodevi agora sempre exporta a variável de ambiente $GPU_DEVICE_ID para testes (principalmente jogos comerciais) que precisam especificar o ID do dispositivo GPU PCI como parte de seu arquivo de configuração. Adicionar esta nova variável de ambiente $ GPU_DEVICE_ID torna mais fácil para tais casos de nicho de necessidade de ter o ID do dispositivo à mão para fins de perfil de teste, sem recorrer à detecção de ID de dispositivo GPU personalizado redundante.
  • Outras pequenas correções e ajustes.
  • O ob-cache local de testes / suítes para aqueles que executam offline (sem acesso à Internet) foi atualizado em relação ao estado mais recente do OpenBenchmarking.org dos testes oficiais. Temos até 633 perfis de teste exclusivos que podem ser executados por meio do Phoronix Test Suite atualmente e mais de 2.100 revisões de teste e 257 suítes de teste (uma coleção de perfis de teste) no total.

Mais detalhes sobre essa versão do Phoronix Test Suite via GitHub e Phoronix-Test-Suite.com.

Como instalar ou atualizar o Phoronix Test Suite

O Phoronix Test Suite está disponível no GitHub.

Para instalar a versão mais recente do Phoronix Test Suite no Debian, Ubuntu e derivados, use esse tutorial:
Como instalar o Phoronix Test Suite no Ubuntu, Debian e derivados

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.