Novo PlayStation Classic usa um emulador de código aberto

Confira os detalhes da irônica história de que o novo PlayStation Classic usa um emulador de código aberto!

Por mais estranho que possa parecer, o novo Classic usa um emulador de código aberto. Confira os detalhes dessa irônica história.


O PlayStation (ou simplesmente PS) é uma série de consoles de videogame criada e desenvolvida pela Sony Computer Entertainment, abrangendo a quinta, sexta, sétima e oitava gerações de videogames da empresa.
Novo PlayStation Classic usa um emulador de código aberto
Novo PlayStation Classic usa um emulador de código aberto

Recentemente, a Sony entrou no mercado das mini reproduções de consoles retrô, e em dezembro, lançará o PlayStation Classic.

Novo PlayStation Classic usa um emulador de código aberto

Ironicamente, o PlayStation Classic será um produto fechado, com tamanho 45% menor que o original, e no entanto, será gerenciado, pelo menos em parte, por software livre: especificamente, pelo emulador PCSX.

O PCSX surgiu no ano 2000 e quase imediatamente, a gigante japonesa o perseguiu legalmente. A empresa não alcançou seu objetivo e acabou comprando o projeto, que concluiu seu desenvolvimento em 2003.

Mas o PCSX era software livre e não morreu. Na verdade, ele pode ser encontrado nos de grande distribuição Linux, embora nesta fase da vida é mais aconselhável instalar PCSXR (PCSX-Reloaded, também em ), baseado no original, disponível para um 64-bit e cujo desenvolvimento continuou até recentemente.

O curioso sobre a história é, na verdade, a atitude da Sony antes e agora; mas também alguns comentários que podem ser lidos lá fora, depreciando a empresa por não ter desenvolvido seu próprio emulador e software como uma iniciativa “amadora”.

Nada está mais longe da realidade, diz o especialista Frank Cifaldi:

“É a confirmação para as pessoas que fazem o PlayStation de que um emulador livre é bom o suficiente para ser oficial.”

Então, o que podemos esperar da qualidade da emulação?

Quando compramos um console que usa uma arquitetura atual para emular via jogos de software da plataforma original é essencial observar que, mesmo se se trata de um fabricante oficial ou de ter o suporte dele, não significa que ele irá oferecer uma boa experiência de uso, ou se teremos a mesma experiência que no console original.

A Sony adverte isso precisamente nas licenças de uso, indicando que, embora tenham testado os jogos e que o resultado geral seja satisfatório, eles não podem garantir que seja perfeito, o que não implica necessariamente uma experiência negativa em si, mas que certamente não terá o mesmo nível do console original.

Resumindo, o PlayStation Classic virá com uma seleção de 20 jogos clássicos que deixam um gosto amargo e ao custo de cerca de 100 euros, por isso, antes de comprar é importante se perguntar se o valor vale a pena.

Para mais informações, acesse a página de produto do PlayStation Classic.

O que está sendo falado no blog

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo



blog comments powered by Disqus