Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Porteus Kiosk 5.2 lançado com kernel 5.10 LTS e pilha VAAPI atualizada

E foi lançado o Porteus Kiosk 5.2 com kernel 5.10 LTS e pilha VAAPI atualizada. Confira as novidades e descubra onde baixar a distro.

Porteus Kiosk é uma distribuição baseado no Gentoo. Ela é pequena, segura e projetada para implantar um software de quiosque em computadores de acesso público. Basicamente, esse sistema permite transformar um computador em um sistema de quiosque flexível e versátil.

Ele leva esse nome porque foi reduzido e confinado para permitir o uso de apenas um aplicativo – o navegador. Isso o torna ideal para ser usado em terminais de navegação, que são comumente chamados de quiosques.

Nessa distribuição, o navegador foi bloqueado para impedir que os usuários adulterem as configurações ou baixem e instalem programas. Quando o quiosque inicializa, ele abre automaticamente o browser para a página inicial preferida do usuário.

O histórico de navegação não é mantido, nenhuma senha é salva e muitos itens de menu foram desativados para aumentar a segurança.

Finalmente, quando o navegador é reiniciado, todos os caches são limpos e o navegador reabre com uma sessão limpa.

Já se passaram quase seis meses desde o último lançamento do Porteus Kiosk e a equipe liderada por Tomasz Jokiel orgulhosamente divulgou uma nova grande série do seu sistema, o Porteus Kiosk 5.2.

Novidades do Porteus Kiosk 5.2

Porteus Kiosk 5.2 lançado com kernel 5.10 LTS e pilha VAAPI atualizada
Porteus Kiosk 5.2 lançado com kernel 5.10 LTS e pilha VAAPI atualizada

Já se passaram cerca de cinco meses desde o lançamento do Porteus Kiosk 5.1, e o Porteus Kiosk 5.2 está aqui como a segunda grande atualização da série Porteus Kiosk 5.0 anunciada no ano passado em março, trazendo um kernel atualizado do branch LTS Linux 5.10 com suporte de longo prazo.

O Linux 5.10.25 LTS está presente nas imagens de instalação do Porteus Kiosk 5.2, que adiciona uma nova camada de suporte de hardware à distro orientada a quiosque.

Basicamente, isso significa que agora você deve conseguir instalar o Porteus Kiosk no hardware onde não era possível usar versões anteriores.

Além do kernel Linux 5.10 LTS, o lançamento do Porteus Kiosk 5.2 atualiza a pilha VAAPI (API de aceleração de vídeo) e adiciona o pacote libva-intel-media-driver para preparar o caminho para a decodificação de vídeo acelerada por hardware, que deve se tornar realidade com o próximo lançamento importante, mas apenas em GPUs selecionadas.

Esse recurso beneficiará principalmente as soluções de sinalização digital.

Entre outras mudanças, o Porteus Kiosk 5.2 adiciona suporte para o servidor de impressão CUPS ao cliente Remmina de desktop remoto para que você possa redirecionar as impressoras locais para sessões RDP, substitui o gerenciador de área de transferência GPaste por Parcellite e melhora o suporte para conexões VNC no Servidor Porteus Kiosk “Premium” Edição.

Várias funcionalidades que estavam disponíveis em versões anteriores foram desabilitadas por padrão na nova versão.

Isso inclui a capacidade de inserir um URL na barra de ferramentas de favoritos, no botão home e na barra de guias.

Ele também bloqueia o uso dos atalhos de teclado Shift + F9 e Shift + F12 por padrão, que foram usados ​​para abrir os consoles Storage Inspector e Accessibility Inspector respectivamente, no navegador Firefox, e desativa notificações de atualização em instâncias do Chrome usadas para reproduzir o vídeo do protetor de tela.

O Porteus Kiosk 5.2 vem com os navegadores de código aberto Mozilla Firefox 78.8.0 e Google Chrome 87.0.4280.141 de código fechado.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o Porteus Kiosk 5.2

A imagem ISO do Porteus Kiosk 5.2 já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.