Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Python se tornou a linguagem mais popular, de acordo com a TIOBE

Entenda porque Python se tornou a linguagem mais popular, de acordo com a TIOBE, e confira as principais características desta linguagem.

Python é uma linguagem de programação interpretada de alto nível. A primeira versão do Python foi lançada em 1991.

Já o chamado Índice TIOBE é baseado no número de pesquisas de idioma realizadas online, o que também pode ser uma medida da popularidade de um idioma.

E, de acordo com as últimas avaliações da empresa de software TIOBE, Python é agora a linguagem de programação mais popular do mundo.

Python se tornou a linguagem mais popular, de acordo com a TIOBE

Python se tornou a linguagem mais popular, de acordo com a TIOBE
Python se tornou a linguagem mais popular, de acordo com a TIOBE

Sim. De acordo com uma declaração da TIOBE em outubro de 2021, Python é agora a linguagem de programação mais popular do mundo.

Pela primeira vez em mais de 20 anos, temos um novo líder do pacote: a linguagem de programação Python. A hegemonia de longa data de Java e C acabou.

Python é amplamente considerada uma linguagem de programação fácil de aprender, devido à sua sintaxe simples, uma grande biblioteca de padrões e kits de ferramentas e integração com outras linguagens de programação populares, como C e C++.

É uma linguagem de programação gratuita e de código aberto com extensos módulos de suporte e desenvolvimento de comunidade, fácil integração com serviços da web, estruturas de dados amigáveis ​​ao usuário e aplicativos de desktop baseados em GUI.

Você pode aprender mais sobre Python no site oficial.

Por que Python é a linguagem de programação mais popular?
Portanto, Python é agora a linguagem de programação mais popular, mas por que isso acontece? Por que tantas pessoas amam Python? O que torna o Python especial?

1. Comunidade

Quando você está programando Python, não está sozinho. Como você sabe, Python é uma linguagem de programação de código aberto com desenvolvimento da comunidade. A popularidade do Python e sua comunidade são duas coisas inter-relacionadas.

Python foi criado há mais de 30 anos, o que é muito tempo para qualquer comunidade de linguagem de programação crescer. Imagine milhares de engenheiros de software trabalhando com Python como você está trabalhando com Python.

Sempre que você tem um problema, é provável que alguém já tenha enfrentado esse problema e outra pessoa já tenha resolvido isso na internet.

Isso significa que se alguém tiver problemas com a linguagem python, eles podem obter suporte instantâneo de desenvolvedores de todos os níveis, desde iniciante a especialista na comunidade.

2. Simplicidade

Uma das principais razões para a popularidade do Python seria sua simplicidade na sintaxe para que pudesse ser facilmente lido e compreendido até mesmo por desenvolvedores amadores.

Ela é facilmente legível em comparação com outras línguas. Esta é uma das razões pelas quais os desenvolvedores gostam de trabalhar nisso.

Se você está apenas começando a programar, verá que o Python está muito próximo da língua inglesa. A linguagem Python é incrivelmente fácil de usar e aprender para iniciantes e novatos.

E, como é uma linguagem interpretada, também ajuda que se possa mudar rapidamente sua base de código, o que, por sua vez, aumentou a popularidade do Python entre os desenvolvedores, tornando-o a linguagem de programação mais popular.

3. Bibliotecas

Uma biblioteca de linguagem de programação se refere a um módulo que vem com um código pré-escrito que ajuda o usuário a usar a mesma funcionalidade para executar ações diferentes.

Em outras palavras, as bibliotecas tornam o desenvolvimento muito mais fácil, já que você não precisa mais escrever todo o código do zero.

Quanto mais bibliotecas e pacotes uma linguagem de programação tem à sua disposição, mais diversos casos de uso ela pode ter. Python tem excelentes bibliotecas que você pode usar para selecionar e economizar tempo e esforço no ciclo inicial de desenvolvimento.

Algumas das bibliotecas mais populares do Python estão listadas abaixo:

  • Django – Framework de desenvolvimento web.
  • TensorFlow – usado para fazer aplicativos de aprendizado de máquina de qualidade de produção.
  • SciPy – aplicações de engenharia.
  • NumPy – poderosa biblioteca de aprendizado de máquina.
  • Pandas – Biblioteca de análise e manipulação de dados.
  • Plotly – biblioteca de visualização.
  • Flask – Micro estrutura de aplicativo da Web.
  • SQLAlchemy – Biblioteca para a criação de Modelos de Objetos de Domínio que podem interagir com bancos de dados relacionais como MySQL e Postgres.

Embora muitas pessoas estejam gratas por Python ser uma linguagem muito simples de entender, elas deveriam se sentir gratas pelas extensas bibliotecas que estão sendo criadas como resultado do Python ser simples de aprender e trabalhar.

4. Aprendizado de máquina

Cloud Computing, Machine Learning e Big Data são algumas das tendências mais recentes no mundo da ciência da computação. O Aprendizado de Máquina (ML) é um ramo da IA ​​(Inteligência Artificial) que atua no sentido de fazer os sistemas executarem determinadas tarefas e tomarem decisões sem a supervisão de seres humanos.

Python se tornou um grampo em ciência de dados e aprendizado de máquina, permitindo que analistas de dados e outros profissionais usem a linguagem para realizar cálculos estatísticos complexos, criar visualizações de dados, construir algoritmos de aprendizado de máquina, manipular e analisar dados e concluir outras tarefas relacionadas a dados.

Centenas de bibliotecas Python estão sendo usadas em milhares de projetos de aprendizado de máquina todos os dias, como TensorFlow para redes neurais e OpenCV para visão computacional.

No momento em que escrevo isto, Python é o mais popular linguagem lar para aprendizado de máquina, com 57% dos cientistas de dados e desenvolvedores de aprendizado de máquina.

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.