Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

qBittorrent 4.3.5 lançado para finalizar o suporte para Ubuntu 20.04

E foi lançado o qBittorrent 4.3.5 para finalizar o suporte para Ubuntu 20.04. Confira as novidades dessa atualização e veja como instalar no Linux.

O qBittorrent é um incrível cliente BitTorrent multiplataforma e de código aberto, escrito em C++/Qt, usando a biblioteca LibTorrent-rasterbar, e que foi criado para ser uma alternativa ao popular cliente μtorrent.

Esse aplicativo é rápido, estável, leve, suporta unicode e fornece um bom motor de busca integrado. Ele também vem com o encaminhamento de porta UPnP/NAT-PMP, criptografia (compatível com Vuze), FAST extension (mainline) e suporta PeX (compatível com utorrent).

qBittorrent vem com um motor de busca integrado, possui interface web, suporte para download sequencial, scheduler banda larga, suporte a RSS avançado com filtros de download, ferramenta de criação de torrent, filtragem IP e outras características úteis.

Agora, o cliente BitTorrent qBittorrent 4.3.5 foi lançado com vários novos recursos e muitas correções de bugs.

Novidades do qBittorrent 4.3.5

qBittorrent 4.3.5 lançado para finalizar o suporte para Ubuntu 20.04
qBittorrent 4.3.5 lançado para finalizar o suporte para Ubuntu 20.04

qBittorrent 4.3.5 é a última versão da série 4.3.x. E vai descartar o suporte para Ubuntu 20.04 na próxima versão, uma vez que tem bibliotecas Qt5 desatualizadas.

Os usuários que preferem qBittorrent ainda podem obter atualizações para o Ubuntu 20.04 por meio do pacote Flatpak, já que é um pacote de formato de pacote em contêiner com a maioria das bibliotecas de tempo de execução.

As mudanças no qBittorrent 4.3.5 incluem:

  • Mova o cursor para o final ao preencher automaticamente o URL/hash na caixa de diálogo “Download de URLs”
  • Classifique os valores QDateTime inválidos após os valores válidos
  • Corrigir o atributo tabChangesFocus na caixa de diálogo “Editar rastreadores”
  • Atualizar url de registro DynDNS
  • Trate o erro de “espaço insuficiente em disco” com mais cuidado
  • Desenhe corretamente o plano de fundo do progresso com a folha de estilo
  • WEBUI: Corrigida a o url magnético do mecanismo de pesquisa
  • WEBUI: revisada funções de monitoramento de pasta
  • WEBUI: Corrigida a URL do magnet no navegador
  • WEBUI: Permitida a especificação de índices de arquivos na API de torrents/arquivos
  • WINDOWS: NSIS: Permitir que mais strings sejam traduzidas
  • WINDOWS: NSIS: atualize as traduções para italiano, alemão, estoniano, russo e portuguêsBR.
  • LINUX: Corrigido campo de entrada de área de trabalho de notificação de D-Bus
  • MACOS: Não use o nome executável como valor CFBundleName
  • Requisitos de Qt mais baixos para 5,11
  • Esclarecimento de que a licença é GPLv2 +

Para saber mais sobre essa versão do qBittorrent, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar o qBittorrent

Para instalar a versão mais recente do qBittorrent nas principais distribuições Linux, use esse tutorial:
Como instalar a última versão do qBittorrent no Linux via Flatpak
https://www.edivaldobrito.com.br/instale-o-qbittorrent-3-1-0-no-ubuntu-e-derivados/

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.