ReactOS 0.4.9 lançado com melhorias no gerenciamento de memória

Confira as novidades do ReactOS 0.4.9 e descubra onde baixar o sistema!

A equipe de desenvolvimento do ReactOS lançou mais uma atualização do seu sistema, o ReactOS , com melhorias no gerenciamento de memória. Confira as novidades e descubra onde baixar o sistema.


O ReactOS é um sistema operacional gratuito e de código aberto baseado nos melhores princípios de design encontrados na arquitetura do NT.
ReactOS 0.4.9 lançado - Confira as novidades e baixe
ReactOS 0.4.9 lançado – Confira as novidades e baixe

Escrito completamente do zero, o ReactOS não é um sistema baseado em Linux e não compartilha nada da arquitetura UNIX.

O principal objetivo do projeto ReactOS é fornecer um sistema operacional que seja binário compatível com o Windows. Isso permitirá que os aplicativos e drivers do Windows sejam executados como em um sistema Windows.

Além disso, a aparência do sistema operacional Windows é usada, de modo que as pessoas acostumadas com a interface de usuário familiar do Windows encontrariam o uso do ReactOS simples.

Ou seja, o objetivo final do ReactOS é permitir que as pessoas o utilizem como uma alternativa ao Windows, sem a necessidade de alterar o software ao qual estão acostumados.

Em resumo, ele é um sistema operacional de código aberto que se esforça para fornecer compatibilidade binária com o Microsoft Windows, bem como uma interface de usuário visualmente semelhante.

Ele pode ser muito útil para quem precisa executar aplicativos do Windows, sem usar o sistema da Microsoft ou o .

Novidades do ReactOS 0.4.9

ReactOS 0.4.9 oferece uma série de pequenas melhorias que aumentam a estabilidade, permitem que o sistema operacional se auto-hospede e que arquivos Zip agora possam ser abertos nativamente.

Mas o recurso mais interessante do ReactOS 0.4.9 é a capacidade de auto-hospedagem, que permite aos usuários usar uma versão do ReactOS em uma instalação do ReactOS.

Antes, o ReactOS já era capaz de se auto-hospedar, mas o recurso tinha muitos problemas e foi eliminado no kernel mais recente.

Além dos recursos para auto-hospedagem, o ReactOS 0.4.9 traz muitas melhorias para o gerenciamento do shell e da memória, tornando o sistema mais confiável e estável.

Uma dessas melhorias é a capacidade de aplicativos grandes em condições de pouca memória.

Por exemplo, você pode jogar vários jogos que não estão no Linux nativamente, entre os quais temos Warcraft III: Reign of Chaos, Worms Reloaded, StarCraft I e Windows Pong.

Você pode até executar o Mac OS X 10.4 no ReactOS usando o emulador do PearPC.

Com relação às melhorias do Shell, o ReactOS 0.4.9 adiciona a extensão Zip Shell que permite aos usuários extrair arquivos .zip sem a necessidade de ter um gerenciador de arquivos externo.

Embora o Windows possua esse recurso há muito tempo, só agora o ReactOS também pode descompactar arquivos compactados sem precisar instalar ferramentas de terceiros para realizá-lo.

Além disso, agora é possível copiar arquivos e pastas arrastando-os com o botão direito do mouse, criar arquivos com extensões diferentes e associá-los a programas e atrasar o comando para desativá-los.

Finalmente, o ReactOS 0.4.9 é capaz de se apresentar como o Windows 8.1 nas diferentes APIs. Por outro lado, o trabalho continua a implementar suporte para inicializar a partir de dispositivos USB, que virão em versões futuras do ReactOS.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o ReactOS 0.4.9

A imagem ISO do ReactOS 0.4.9 já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo