Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

RetroArch está chegando ao Steam! Confira os detalhes!

A equipe do projeto Libreto anunciou que o RetroArch está chegando ao Steam. Confira os detalhes dessa importante novidade voltada para os gamers.

RetroArch é uma interface gráfica amigável que faz uso da API do libretro. Essa API permite que os desenvolvedores criem, entre outras coisas, núcleos ‘libretro’ modulares que atuam como emuladores de jogos para sistemas como o SNES, o Mega Drive e o Game Boy.

RetroArch está chegando ao Steam! Confira os detalhes!
RetroArch está chegando ao Steam! Confira os detalhes!

Agora, os fãs de jogos retro (e não tão retro) ficarão satisfeitos em saber que a RetroArch está chegando ao Steam.

RetroArch está chegando ao Steam

Sim. O famoso front-end da popular Libretro API estará disponível para instalação no Steam para Windows a partir de 30 de julho. E em seguida, as versões para Linux e MacOS serão disponibilizadas.

Os núcleos de libretro que alimentam o RetroArch podem ser usados ​​com outros frontends compatíveis (como o aplicativo GNOME Games), mas o RetroArch é indiscutivelmente o melhor.

No anúncio, eles dizem o seguinte:

“Sentimos que agora é a hora de finalmente trazer o front-end oficial do Libretro para o Steam.”

“O RetroArch está realmente em uma classe própria em nível técnico quando se trata de latência, recursos de sombreamento e, agora, em breve, carregamento de disco e descarga de disco. Nós não podemos esperar para trazer-lhe o controle completo sobre a sua biblioteca de jogos retro chegando neste verão no Steam!”


O salto para o Steam deve ajudar a tornar o cliente mais acessível e mais visível para os jogadores.

O momento também é importante, com a equipe colocando “foco pesado em garantir que o RetroArch possa rodar conteúdo originalmente comprado em discos de jogos”.

“Preservação e emulação devem andar de mãos dadas, e isso significa poder rodar os discos originais em emuladores de código aberto, em QUALQUER dispositivo!”

Embora já seja possível reproduzir cartuchos de jogos originais por meio de núcleos de libretos usando ferramentas como o Retrode, estender o suporte para a reprodução de discos de jogos originais é outra progressão lógica – muitos tem uma unidade de disco!

Continuando, eles também estão “… abertos a dialogar com desenvolvedores/tores de jogos que têm o direito ao IP original que querem trazer seus jogos para o Steam através do uso do RetroArch”.

O “diálogo” que eles fazem referência é possível, já que uma série de jogos clássicos vendidos no Steam atualmente usam núcleos de libretos em suas emulações. É uma progressão lógica para a RetroArch dar o salto para a plataforma em si.

Tornar o RetroArch disponível no Steam pode torná-lo mais proeminente, mais acessível e mais popular.

Além disso, como esse é um projeto de código aberto, há sempre a esperança de que um aumento no perfil possa levar a um aumento nas contribuições (para vários tipos).

Você pode instalar o RetroArch sem Steam

Esteja ciente de que você não precisa esperar que o RetroArch toque no Steam para usá-lo. Basta seguir as instruções de instalação relevantes no site do projeto para instalá-lo e executá-lo no seu sistema.

Os usuários do Ubuntu podem fazer uso de um RetroArch Snap oficial ou adicionar o PPA RetroArch oficial (o PPA também inclui uma série de “núcleos” populares para uso com o aplicativo).

Confira abaixo as opções que permitem instalar o RetroArch no Linux:
Como instalar o emulador RetroArch no Linux via Flatpak
Como instalar o emulador arcade RetroArch no Linux via Snap
Como instalar o emulador arcade RetroArch no Ubuntu

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.