Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Rust 1.62 lançado com mutexes mais rápidos no Linux, e mais

E foi lançada Rust 1.62 om mutexes mais rápidos no Linux, e mais. Confira as novidades dessa atualização e veja como instalar no Linux.

Rust é uma linguagem de programação multiprocessal compilada, de propósito geral, desenvolvida pela Mozilla e apoiada pela LLVM. Ela foi concebida para ser “uma linguagem segura, concorrente e prática” e, acima de tudo, para substituir as linguagens C e C++.

Rust é uma linguagem de programação de código aberto que suporta programação funcional pura, processual, imperativa e orientada a objetos.

Essa linguagem de programação funciona de maneira extremamente rápida, evita os segfaults (falhas de segmentação) e garante a segurança dos subprocessos (threads).

Ela suporta abstrações de custo zero, semântica de movimento, segurança de memória garantida, encadeamentos genéricos baseados em recursos e não baseados em dados e correspondência de padrões, e também suporta inferência de tipos, tempo mínimo de execução, bem como links C eficientes.

Agora, a equipe Rust anunciou a disponibilidade da nova versão de sua linguagem de programação Rust 1.62.

Novidades do Rust 1.62

Rust 1.62 lançado com mutexes mais rápidos no Linux, e mais
Rust 1.62 lançado com mutexes mais rápidos no Linux, e mais

Primeiro, o destino x86_64-unknown-none do Rust foi promovido ao status de nível dois, que é seu estado “garantido para construir”.

O alvo x86_64-unknown-none do Rust é para gerar binários ELF independentes/bare-metal x86_64 para firmware, kernels e outros softwares de baixo nível.

Este destino de compilação cruzada não possui suporte à biblioteca padrão Rust, nenhum alocador padrão, não usa nenhum vetor ou registro FP, mas deve funcionar para programas x86_64 bare metal.

Também notável com o Rust 1.62 é a biblioteca padrão Rust no Linux, agora enviando uma implementação bruta baseada em Futex.

O comportamento Mutex/Condvar/RwLock Rust foi implementado usando a biblioteca pthreads, enquanto agora para Linux são implementações brutas baseadas em Futex para essas primitivas de bloqueio, então elas são mais leves, não requerem alocações extras e basicamente equivalem a ser “mais finas e mais rápido” do que as implementações anteriores.

Rust 1.62 também estabiliza uma série de novas APIs, introduz o comando cargo add para adicionar dependências diretamente da linha de comando e outras melhorias.

Para saber mais sobre essa versão do Rust 1.62, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar o Rust 1.62

Para instalar a versão mais recente do Rust nas principais distribuições Linux, use esse tutorial:
Como instalar a linguagem de programação Rust no Linux

Se você possui uma versão anterior do Rust instalada via rustup, obter o Rust 1.62 é tão fácil quanto:

rustup update stable

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.